Airbus cria ‘maquetona’ do novo cargueiro A350F

Aeronave de fuselagem larga será capaz de transportar 111 toneladas de carga e deve entrar em serviço a partir de 2026
Maquete em tamanho real do A350F
Maquete em tamanho real do A350F

A Airbus concluiu a montagem de uma maquete em tamanho real do novo cargueiro A350F, destacando o que ela chama de “a maior porta de carga de convés principal do mundo”.

Imagens do “maquetona” foram compartilhadas pela empresa, mas sem mais detalhes como onde ela foi montada

As fotos destacam, além da porta lateral, um modelo de helicóptero H125 posicionado como carga no porão principal e o espaço para a tripulação na parte frontal.

Siga o AIRWAY nas redes: WhatsApp | Telegram | Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

Um helicóptero no convés principal de carga
Um helicóptero no convés principal de carga

O A350F é uma resposta à crescente demanda por aeronaves cargueiras de grande capacidade e alcance. Também aproveita a entrada em vigor de novas regras de emissão de poluentes que aposentarão compulsoriamente jatos como o Boeing 777F e o 767-300F a partir de 2028.

Segundo a Airbus, o A350F poderá levar até 111 toneladas de carga e voar por 8.700 km.

Cabine para os tripulantes
Cabine para os tripulantes

Esperança de pedidos nos EUA e Ásia

A fabricante postergou os planos de colocar a aeronave em serviço em 2025 e agora espera estreá-lo a partir de 2026. Apesar disso, um dos clientes, a Air France, revelou que só receberá o primeiro A350F em 2027.

Bernard de l’Estoile, diretor sênior de marketing da divisão de cargueiros, afirmou recentemente que a Airbus espera por pedidos da aeronave de clientes nos Estados Unidos e na Ásia.

O executivo também confidenciou que o crescimento do mercado de comércio eletrônico pode impulsionar a demanda do A350F.

Há no momento 55 pedidos firmes pela aeronave de 10 clientes.

A "porta de carga mais larga do mundo"
A “porta de carga mais larga do mundo”
Total
0
Shares
Previous Post
A-29N, versão do Super Tucano para a OTAN

Governo português dá luz verde para compra do A-29N Super Tucano

Next Post
Boeing 737 MAX da Lion Air

Boeing assumirá culpa em investigação sobre queda de dois jatos 737 MAX

Related Posts
Total
0
Share