Airbus montará helicópteros H125 com a Tata na Índia

Instalações serão implantadas em parceria com o Grupo Tata em local ainda a ser definido. Produção começará em 2026
Helicóptero H125 (Airbus)

A Airbus anunciou a instalação de uma nova linha de montagem final de suas aeronaves na Índia, nesta ocasião de helicópteros H125.

Assim como ocorreu com a produção de turboélices C295, a parceria foi acertada com o Grupo Tata, um dos mais importantes do país.

O local da linha de montagem final ainda será anunciado, mas a Airbus e a Tata pretendem entregar os primeiros helicópteros em 2026.

“Os helicópteros são cruciais para a construção da nação. Um helicóptero civil ‘Made in India’ não será apenas um símbolo da confiante Nova Índia, mas também desbloqueará o verdadeiro potencial do mercado de helicópteros no país”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus.

“O Grupo Tata tem o prazer de estabelecer a primeira instalação de montagem de helicópteros da Índia no setor privado. Esta instalação terá a linha de montagem final em parceria com a Airbus para o helicóptero monomotor Airbus H125 mais vendido do mundo, tanto para o mercado indiano como para o mercado de exportação”, disse N. Chandrasekaran, CEO do grupo indiano.

Infográfico sobre a fábrica da Airbus na Índia (Airbus)

A linha de helicópteros H125 é a mais popular da Airbus e além de abastecer a Índia, a nova instalação também exportará aeronaves a países vizinhos.

O projeto guarda semelhança com a subsidiária Helibras, uma antiga iniciativa da Aerospatiale no Brasil criada em 1978 e que desde então produziu vários modelos de helicópteros civis e militares.

O anúncio da parceria foi feito durante a visita do presidente francês Emmanuel Macron à Índia como convidado principal nas celebrações do Dia da República, em 26 de janeiro.

As forças armadas do Brasil encomendaram 50 helicópteros H-225M com a Helibras (Thiago Vinholes)
A iniciativa da Airbus na Índia lembra a Helibras no Brasil (Thiago Vinholes)

A nova linha de montagem também fará testes, qualificação e entrega do H125 para clientes na Índia e na região.

Siga o AIRWAY nas redes: WhatsApp | Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

O H125 é derivado do Eurocopter AS350 Écureuil e tem capacidade para até seis passageiros além de executar missões variadas.

Total
0
Shares
Previous Post

Bombardeiro “invisível” B-21 Raider dá prejuízo de R$ 7,7 bilhões a sua fabricante

Next Post

JetSMART da Colômbia estreará voos domésticos em 14 de março

Related Posts
Total
0
Share