American Airlines investirá cerca de R$ 1 bilhão na Gol

Companhias aéreas anunciaram um codeshare exclusivo pelos próximos três anos e que ampliará as possibilidade de conexões para os passageiros nos EUA e Brasil
Gol e American: parceria ampliada

A Gol e a American Airlines estreitaram sua relação ao anunciar nesta quarta-feira (15) um codeshare exclusivo entre as duas companhias aéreas e que terá duração de três anos.

O acordo também inclui um investimento de US$ 200 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) pela empresa dos EUA em ações da Gol, o que fará com que ela detenha 5,2% de participação na empresa brasileira.

As duas companhias já possuem um codeshare em funcionamento, porém, o novo acordo ampliará as possibilidades de conexões para os passageiros.

“O acordo de codeshare exclusivo entre duas das principais empresas aéreas das Américas combina malhas altamente complementares e oferece aos Clientes uma experiência de viagem superior, proporcionada pelo maior número de voos e destinos nas Américas do Norte e do Sul,” afirmou o CEO da Gol, Paulo Kakinoff.

“Há muito tempo a American é a empresa aérea americana líder para a América do Sul e nossa parceria exclusiva com a Gol solidifica essa posição de liderança,” disse Robert Isom, presidente da American Airlines.

A exclusividade entre as duas empresas permitirá que os passageiros possam voar para mais de 30 destinos servidos pela American nos EUA e mais de 20 cidades atendidas pela Gol no Brasil.

A American Airlines possui voos para 17 destinos na América do Sul e é a maior companhia aérea dos EUA em tráfego de passageiros para o Brasil. A Gol, por sua vez, é a companhia brasileira que mais transporta passageiros em voos domésticos.

A parceria será estendida aos programas de milhagem AAdvantage e Smiles a partir de 2022 e que oferecerão benefícios conjuntos como check-in e embarque prioritários, maior franquia de bagagem despachada, acesso a lounges e escolha preferencial de assentos nas aeronaves.

Aviões da Gol e da American: companhias foram deixadas pelas antigas parceiras (Sunnya343)

Divórcios e união

A associação entre a American e a Gol ocorreu pouco tempo depois que ambas foram deixadas por suas parceiras anteriores, a LATAM e a Delta Air Lines, que anunciaram um joint venture bastante extensa em setembro de 2019.

A Delta adquiriu 20% das ações da LATAM e por conta disso abriu mão de sua participação na Gol. A American, tradicional parceira do grupo chileno, logo procurou compensar a perda ao acertar um codeshare com a rival da LATAM.

Total
49
Shares
Previous Post

Azul terá o voo regular doméstico mais longo da história, entre Campinas e Boa Vista

Next Post

Caças F-117A surgem em aeroporto da Califórnia em plena luz do dia

Related Posts