British Airways anuncia pinturas especiais em aviões para celebrar seus 100 anos

Tradicional empresa do Reino Unido nasceu em 1919 lançando um voo diário entre Londres e Paris
(British Airways)
(British Airways)
(British Airways)
A British Airways vai pintar um de seus atuais 747 com o antigo tema da BOAC (British Airways)

Perto de completar 100 anos de operações, a British Airways vai celebrar a ocasião pintando quatro aeronaves de sua frota com temas retrôs. O primeiro deles será um Boeing 747-400, com a mesma pintura da antiga British Overseas Airways Corporation (BOAC), um dos nomes que a maior companhia do Reino Unido companhia já teve.

O 747 será decorado com as mesmas cores que a BOAC usou entre 1964 e 1974, incluindo a logomarca da antiga empresa. A aeronave com a nova pintura, o modelo com prefixo G-BYGC, vai operar a partir do aeroporto de Heathrow, em Londres, a partir de 19 de fevereiro. Esse lançamento acompanha o 50° aniversário do primeiro voo do Boeing 747, que acontece alguns dias antes.

A British Airways ainda não revelou quais serão os próximos aviões que receberão pinturas especiais. Maiores detalhes serão divulgados nas próximas semanas, informou a companhia.

“Muitos clientes e colegas da British Airways têm boas lembranças de nossos uniformes anteriores, compartilhando regularmente suas fotos ao redor do mundo. É incrivelmente empolgante relançar alguns designs clássicos, e a melhor forma de começar é com a icônica decoração do BOAC”, explica Alex Cruz, CEO e presidente da British Airways.

A empresa afirmou que o 747 foi deliberadamente escolhido para receber o tema da BOAC pois é uma variante posterior do mesmo tipo de aeronave, o 747-200, que levava a pintura clássica quando esteve em operação. A decoração permanecerá no jato da Boeing até sua aposentadoria com a companhia, programada para 2023.

(British Airways)
Esquema de como será a pintura retrô no 747 (British Airways)

Muitos nomes, muitos donos

A empresa hoje conhecida como British Airways nasceu com o nome Aircraft Transport and Travel Limited (AT & T). E esse foi apenas um dos nomes da companhia. A AT & T foi criada pelo industrial britânico George Holt Thomas em outubro de 1916, mas as operações da companhia passaram a ser regulares somente em 25 de agosto de 1919, com a frequência diária entre Londres e Paris, então o primeiro voo internacional do mundo. Essa é a data que a companhia britânica considera de fato o início de suas atividades.

(Domínio Público)
A British Airways nasceu como Aircraft Transport and Travel Limited; a empresa lançou o primeiro voo internacional da história, em 1919, entre Londres e Paris (Domínio Público)

Em 1924, as quatro principais companhias aéreas da Grã-Bretanha, a Instone, Handley Plage, British Air Marine Navigation Company e a Daimler Airways (sucessora da AT & T), fundiram-se e formaram o grupo Imperial Airways Limited.

Enquanto a Imperial Airways prestava serviços pela Europa, novas empresas menores de transporte aéreo começaram a surgir do Reino Unido e, em 1935, também se fundiram e formaram um novo grupo, o British Airways, que se tornou o principal concorrente da Imperial Airways.

Após uma análise do governo britânico, a Imperial Airways e a British Airways foram nacionalizadas em 1939 e assim foi formada a British Overseas Airways Corporation (BOAC). Voos europeus e domésticos continentais passaram a ser realizados por uma nova companhia aérea, a British European Airways (BEA), a partir de 1946.

(British Airways)
A BOAC foi a primeira companhia aérea a voar com jatos (British Airways)

De 1946 a 1960, a BOAC e a BEA foram as principais operadoras britânicas de serviços regulares de passageiros e carga. A empresa britânica também foi a primeira do mundo a lançar um voos comerciais com um avião a jato, o De Havilland Comet, que reduzia pela metade o tempo de voo. A companhia estreou com o Comet em 1952, voando para Joanesburgo.

Durante as décadas de 1950 e 1960, a BEA adquiriu mais companhias aéreas que surgiam no Reino Unido e, em 1967, o parlamento britânico recomendou a criação de uma holding responsável pela BOAC e pela BEA, com a criação de uma segunda companhia de força, resultando no nascimento da British Caledonian, em 1970.

(Torsten Maiwald/GDFL)
A British Caledonian operou com esse nome entre 1970 e 1988 (Torsten Maiwald/GDFL)

Dois anos depois, os negócios da BOAC e da BEA foram combinados sob o recém-formado British Airways Board, com as companhias aéreas separadas se unindo como British Airways em 1974.

Em julho de 1979, o governo anunciou sua intenção de vender ações da companhia e, em fevereiro de 1987, a British Airways foi privatizada.

A British Airways foi um dos operadores do supersônico Concorde; o outro foi a Air France (British Airways)
A British Airways foi um dos operadores do supersônico Concorde; o outro foi a Air France (British Airways)

Veja mais: Primeiro voo “sem querer” do F-16 completa 45 anos

Total
0
Shares
Previous Post

Ainda com problemas, Boeing KC-46A Pegasus começa a ser entregue para a Força Aérea dos EUA

Next Post

Vídeo mostra momento do acidente com um bombardeiro russo Tu-22M3

Related Posts