China apresenta jato comercial para brigar com Airbus e Boeing

Comac C919, capaz de carregar até 174 passageiros, já tem mais de 500 encomendas na Ásia
O jato chinês COMAC C919 vai concorrer com o Boeing 737 e o Airbus A320 (COMAC)
O jato chinês COMAC C919 vai concorrer com o Boeing 737 e o Airbus A320 (COMAC)
O jato chinês COMAC C919 vai concorrer com o Boeing 737 e o Airbus A320 (COMAC)
O jato chinês COMAC C919 vai concorrer com o Boeing 737 e o Airbus A320 (COMAC)

A Comac (Commercial Aircraft Corporation of China), fabricante de aeronaves estatal chinesa, apresentou nesta segunda-feira (2) o C919, a maior aeronave comercial já desenvolvida na China e que pretende concorrer como modelos similares da Airbus e Boeing.

O evento de apresentação da nova aeronave (roll-out) foi realizado nas instalações da Comac, próximo ao Aeroporto Internacional de Pudong, em Xangai, e contou com a presença de 5.000 convidados.

O C919 é um jato de fuselagem estreita (“narrow-body”), bimotor e corredor único. Segundo a fabricante chinesa, a versão básica pode acomodar 158 passageiros divididos em duas classes ou 168 em classe única. A Comac ainda sugere uma configuração de “alta densidade”, com 174 assentos. Já o alcance do modelo padrão é 4.075 km ou 5.500 km na versão de alcance estendido “C919 All ECO”.

Apesar do esforço chines, os motores do C919 ainda são importados. O modelo recebeu um par de turbofans desenvolvido pela fabricante franco-americana CFM Internacional, uma joint-venture entre a GE Aviation e a Snecma. Com esse conjunto, a Comac espera que o avião alcance a velocidade de cruzeiro de 830 km/h.

C919 versus concorrentes do Ocidente

A aeronave chinesa tem medidas e peso muitos semelhantes aos do Boeing 737 e Airbus A320, modelos que dominam o nicho dos narrow-body. De acordo com a Comac, o C919 tem 38,9 metros de comprimento, 35,8 m de envergadura e pode decolar com peso máximo de 77 toneladas, praticamente igual ao A320.

Cada unidade do jato C919 é avaliada em cerca de US$ 68 milhões (COMAC)
Cada unidade do jato C919 é avaliada em cerca de US$ 68 milhões (COMAC)

O Boeing 737 supera o modelo chinês em porte e capacidade apenas na versão 800, que tem 39,5 metros de comprimento e pode decolar com até 79 toneladas.

O preço sugerido do C919 pela fabricante chinesa também é convidativo, especialmente quando comparado aos dos concorrentes ocidentais: o jato chinês é avaliado em US$ 68 milhões, enquanto o Boeing 737-800 tem preço inicial de US$ 72 milhões e o Airbus A320 a partir de US$ 97 milhões. Segundo a Comac, o modelo já tem 517 encomendas firmes de companhias aéreas chinesas (que também são estatais).

O presidente da Comac, Jim Zhuanglong, informou durante a apresentação do C919 que os primeiros testes em solo começarão em breve, e que o voo inaugural está programado para 2016.

Veja mais: China prepara jato comercial de grande porte

Total
22
Shares
0 0 votes
Article Rating
86 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
julio
julio
6 anos atrás

Nenhum comentário sobre a EMBRAER????

Piloto
Piloto
6 anos atrás

A MAY DAY Airlines sera a primeira a encomendar. Boa sorte a quem
for ser usuario deste avião.

jandre
jandre
6 anos atrás

Se fizer avião de pequeno porte, será o fim da Embraer. Com a China ninguém concorre por causa do preço. E ainda tem gente que é contra a redução de impostos, e contra facilidade para empresas baseadas no Brasil.

jose roberto coppi
jose roberto coppi
6 anos atrás

Quem tem coragem de viajar em um produto de fabricação chinesa e duvidosa?

Certamente esse avião é produto de um processo denominado de maquilagem, processo este, cujos chineses são mestres. Não produzem nada; apenas copiam tudo, incluindo, evidentemente, a apropriação da mão de obra escrava.

Bom voyage…

JORGE
JORGE
6 anos atrás

Eu pensaria vária vezes antes de tentar viajar num avião fabricado pela Comac.

André W.
André W.
6 anos atrás

Bonito o novo Embraer Chinês. Foi feito naquela fábrica que a Embraer abriu na china em sociedade com os chineses e depois fechou por falta de clientes?

Fabio Piloto
Fabio Piloto
6 anos atrás

Nao vale a pena…a qualidade duvidosa da industria chinesa deixa a desejar…se fosse um relogio e ele estraga voce vai troca a pilha o arruma ele…agora com avioes…Meu Deus! Vai ser uma calamidade….e o preço nao compensa…se fosse uns 50 milhoes eu diria que sim ai seria um modelo comercial….mais por 2 milhoes a menos ?!? nao….ninguem do mundo ocidental vai comprar….agora…porque a pagina nao comenta sobre a Embraer ?? Temos as melhores opcoes e preços convidativos….faltou pesquisa na materia…

Teller Master
Teller Master
6 anos atrás

Mayday airlines já encomendou 666 dessas porcarias.
Pegando carona no comentário abaixo.

Maroti
6 anos atrás

Que Deus tenha compaixão para quem for usar um avião chines
ainda mais deste porte

Eduardo Alves
Eduardo Alves
6 anos atrás

Se. Jandre, a carga tributária na China é próxima da brasileira. A grande diferença se dá no cambio artificialmente desvalorizado e nos baixíssimos salários. Em media um trabalhador chinês ganha 3 vc vezes menos que o brasileiro. A China não é o modelo a se seguir por nós.

umberto
umberto
6 anos atrás

meu Deus acuda e já guarde quem entrar nele tomará q em sã consicência não deixem isto entrar aki pelo chão ainda tem quem compra o carro dá problema mas vai pra oficina, mas pelo alto não tem mecânico q socorra é deus nos acuda mesmo

Rodrigo
Rodrigo
6 anos atrás

E o ponto positivo é que pode levar pra fazer manutenção em qualquer oficina Chery.

Lucio Flavio
6 anos atrás

Difícil vai ser encontrar alguém que tenha coragem de viajar nessa aeronave.

Willian Hideo Katahira
Willian Hideo Katahira
6 anos atrás

29 milhões de dólares mais barato que o 320 com mesmo peso de decolagem… Pelo o jeito vem briga séria entre os fabricantes envolvidos. Principalmente porque as Cias do mundo inteiro têm investido bastante no mercado de passagens Lowcost… Cabe agora acompanhar a segurança da aeronave (como bem brincou nosso amigo piloto dizendo que a MAY DAY Airlines será a primeira a comprar rsss. Fato é que para voar as fabricantes devem ser aprovadas em vários aspectos técnicos de segurança (ou pelo o menos deveria neh? Será que na China isso é levado a sério? Bem, essa já é outra estória…

Julio
Julio
6 anos atrás

Será que tem 500 vendidos? Vamos ver.

Ivan
Ivan
6 anos atrás

A KAMIKAZE AIRLINES sera a segunda a encomendar.

miguel
miguel
6 anos atrás

A embraer precisa focar em nichos especiais,agricolas,executivos,militares e de passageiros domesticos e para paises do terceiro bloco, mas bastou privatizar para ter sucesso.

Medeiros
Medeiros
6 anos atrás

Seja muito bem-vindo.

Chega de exclusividade EUA-Europa. A China é o verdadeiro motivo da crise de 2008 e agora atinge de forma contundente as empresas aéreas especializada nesse nicho de aviação.
Acredito que se a Embraer, em parceria com a Rússia, poderia desenvolver um modelo competitivo para essa modalidade de aeronave.
Vamos equilibrar o mercado internacional para dividir a riqueza.
Detalhe, sou anticomunista.

Marlos.

Italo
Italo
6 anos atrás

Quem quer ser o primeiro a andar na shineray dos ares??? Kkk

Jorge Aragão
Jorge Aragão
6 anos atrás

Acho que não será problema tão grande para a Embraer, pois a Sukkoi já supria este distante mercado e será a mais prejudicada.

andre
andre
6 anos atrás

é bom que é estatal. dá pra encher de petralhas pra administrar.

Jose Antonio
Jose Antonio
6 anos atrás

Quanta dor de cotovelo, sequer temos um carro nacional para competir com o NANO

Melo
Melo
6 anos atrás

É coincidência ser apresentado no dia de finados?

Tutameia
Tutameia
6 anos atrás

a inveja é uma merda né não???

Milton maeda
Milton maeda
6 anos atrás

Avião ching ling? É confiável, no mínimo é cópia muito mal feito de outras companhias!!

Wagner
Wagner
6 anos atrás

Se for igual sis veículos da jac e háfei. Deus me livre. Lixo puro.

Raphael Guerra Teixeira
Raphael Guerra Teixeira
6 anos atrás

Vocês não entendem nada de tecnologia. A China fábrica a décadas aviões de alto nível. Se o Brasil que é ridículo em tecnologia tem a EMBRAER, qual a dúvida de vocês sobre a tecnologia chinesa?
A China é maior em tudo economia, tecnologia, costumes seus cacucarachas…

Joao
Joao
6 anos atrás

Quem quiser vender lá tem que abrir a tecnologia. A Embraer só foi para lá para ser usada. Quantos aviões vendeu por lá? Alguem sabe?

Claudio
Claudio
6 anos atrás

Eu não entraria num desses.

Denis
Denis
6 anos atrás

Interessante que eles anunciaram a compra de 130 jatos Airbus. Incoerência ou o que?

Paulo Tadeu
Paulo Tadeu
6 anos atrás

Só pode ser piada! Quem, em sã consciência vai comprar um avião chinês? E quem vai ter coragem de voar num avião “made in China”? Basta ver os carros chineses, cuja qualidade é abaixo da crítica, para ter uma idéia do risco que corre. Concorrer com a Boeing? Faz-me rir. E quem fornece a aviônica? As turbinas? Russos? Aí é chutar o pau da barraca.

julio
julio
6 anos atrás

Não ando nesse avião nem que me pague.Credo! Avião chinês. É subir e cair.Credo!!

prado junior
prado junior
6 anos atrás

Nem que me pagasse andaria nesse avião chinês.Parece todo feito de plástico.Que os chineses tenham sorte e cuidem de suas cabeças.A qualquer momento poderá vir um avião!

basejump
basejump
6 anos atrás

Infelizmente foi a propria Embraer que forneceu Tecnologia..abrindo Fabrica por la

basejump
basejump
6 anos atrás

Foi a propria Embraer que forneceu tecnologia ao abrir uma Fabrica la…

Cmte Couto
Cmte Couto
6 anos atrás

Vocês se lembram que alguns anos atras a Embraer abriu uma fabrica na China?? E teve como exigência, passar conhecimento e tecnologia aos engenheiros chineses, alem de contratar 70% da mão de obra deles? Na época eu que sou um simples brasileiro, imaginei que eles queria roubar o conhecimento da Embraer. Olha no que deu, em 2010 a Embraer por falta de encomendas fechou a fabrica na China e eles agora me aparecem com este avião prontinho. Tenho medo desta China!! Abra o olho Brasil!!!

Mauro
Mauro
6 anos atrás

Se alguem aqui tem medo de voar nesse avião, porque é chines, então é melhor deixar de usar celulares, tenis, televisoes e tantos outros produtos, que apesar de ostentarem nome de grifes internacionais em 99,999% dos casos são fabricados na China ou
tem componentes chineses na sua fabricação. A China está em mais de 80% dos produtos industrializados consumidos no mundo ocidental, seja com componentes ou com matéria prima.

Mauro
Mauro
6 anos atrás

Se alguem aqui está receoso por ser fabricação chinesa, então é melhor mudar para Plutão, porque 99,99% dos produtos que ostentam grifes internacionais, sao made in China.
Uma maioria de fabricantes de celulares, equipamentos eletronicos, roupas, sapatos, tenis e tantos outros produtos ou sao feitos na China, ou tem componentes feitos lá.
A China pela sua completa infraestrutura e pela mão de obra barata é quase imbativel e a maioria das multinacionais está com fábricas no território chinês, ou usa componentes chineses em seus produtos.

djalma
djalma
6 anos atrás

Primeiro eles importam e depois copiam. Mas se tiver a mesma qualidade dos carros chinesesm que ficar bem longe.

João da Silva
6 anos atrás

A Embraer não é mais uma empresa brasileira há algum tempo, amigos.
Assim como quase todas as outras que abrem seu capital nas bolsas de valores.
Segue o link que comprova essa alegação:
http://ri.embraer.com.br/show.aspx?idCanal=ltPlKaoPDWiQ1uj7aoUw6Q==

Ronaldo
Ronaldo
6 anos atrás

O assunto é sério e me causa medo, afinal o empresariado de qualquer lugar do mundo quer comprar barato e vender ou explorar a preço absurdo, ai reside o cerne da ideologia capitalista. Basta olhar o exemplo dos carros de mesma origem por aqui, no início todos juravam que jamais comprariam, hoje as ruas estão lotadas de tais “tranqueiras”, que ainda não são acusadas de matar seus ocupantes porque no Brasil todo acidente tem que ser culpa do motorista para “livrar a cara” dos governos quanto a péssima condição das ruas e estradas. Temo e acredito que venha a ocorrer, um futuro no qual a maioria das aeronaves seja de fabricação chinesa, pois, quanto maior o valor agregado, pior a qualidade dos produtos de tal procedência e aviação é campo de tecnologia de ponta.

Justus
Justus
6 anos atrás

Brasileiro só conhece porcarias da china por que querem comprar o mais barato. Saibam que existem produtos de ótima qualidade chinesa. Pena que os brasileiros pensam que são mais espertos que os outros e só compram porcarias da China. E infelizmente os altos impostos dificultam vender produtos de qualidade e preço elevado.
Por que será que a China vende para o mundo todo?

Cleyton Queiroz
Cleyton Queiroz
6 anos atrás

Já tive um tablet, um celular e um projetor, todos funcionaram bem por um tempo, depois pararam de funcionar do nada, estavam perfeitos e pararam simples assim.

Clovis
Clovis
6 anos atrás

Eu acho que a China faz o melhor papel de embrulho do mundo. Eu ainda não acredito no conteúdo. Alguém poderia informar mais sobre o conteudo desse avião?

Eder bezerra
6 anos atrás

NO BRASIL É PROIBIDO FABRICAR BARATO . POIS É NECESSÁRIO DESTINAR PARTE PARA UMA CAPITANIA HEREDITÁRIA : POLÍTICOS E O FONCIONÁRIO ( NÃO FUNCIONÁRIO ) , POIS SUA FUNÇÃO É ROUBAR

Beirsdorf
Beirsdorf
6 anos atrás

Pelo menos o nome não ficou tão ruim como xing ling, ling long, yong jong. Enquanto a ser concorrente da Embraer, ta muito longe de alcançar a grandeza que a Embraer se tornou mundialmente.

zacarias
zacarias
6 anos atrás

O que não entendo como a Embraer fui a China fazer um avião em conjunto mas depois o rompeu o acordo .

Tudo indica que os chineses queriam obter a tecnologia que a Embraer dominava.

Agora veja o resultado ! A China estava fazendo um avião para competir com a BOING.

Jose sebastiao
6 anos atrás

Será que vão durar pelo menos 1 ano, ou vai ser igual aos demais produtos ( vida util curtissima)….Tião.

zilmar
6 anos atrás

já, já vai estar à venda em PUNTA DEL LESTE …

mack68
mack68
6 anos atrás

Será q voa ?

Previous Post
Classe executiva da Hawaiian Airlines, inspirada em recife de corais... (Hawaiian Airlines)

Hawaiian Airlines lança executiva com leitos “concha”

Next Post
O A321 da Metrojet foi fabricado em 1997 e acumulava 21 mil voos (Magic Aviation)

Airbus da Metrojet pode ter se despedaçado no ar

Related Posts