Cobalt Valkyrie, o avião privado com estilo de caça

Cobalt Valkyrie é opção de baixo custo com estilo ousado; primeiras entregas começam em 2017
O Cobalt Valkyrie será uma opção de avião privado com estilo dos mais ousados (Cobalt Aircraft)
O Cobalt Valkyrie será uma opção de avião privado com estilo dos mais ousados (Cobalt Aircraft)
O Cobalt Valkyrie será uma opção de avião privado com estilo dos mais ousados (Cobalt Aircraft)
O Cobalt Valkyrie será uma opção de avião privado com estilo dos mais ousados (Cobalt Aircraft)

Aeronaves executivas ou monomotores privados seguem uma fórmula de design que funciona muito bem, mas fazem todos os aviões serem parecidos. Mas uma nova “ave” está surgindo para quebrar o gelo. O engenheiro aeronáutico francês David Loury fundou sua própria fábrica nos Estados Unidos, a Cobalt Aircraft, e projetou um avião bastante ousado, o Valkyrie Co50.

Descristo pelo projetista como um avião privado ou até para uso executivo, o modelo é diferente das aeronaves civis atuais em praticamente todos os pontos. A cauda tem estabilizadores em formato “V” e “cadards” na parte frontal, pequenas asas que também ajudam na estabilização da aeronave. Outro elemento que chama a atenção é o canopy totalmente envidraçado, o que segundo o fabricante proporciona um ângulo de visão de 320°.

O projeto de Loury ainda tem motor de 340 cv a gasolina na configuração “pusher”, montado na traseira da fusegelagem e com a hélice virada para trás, concepção muita rara na aviação comercial – um exemplo são os aviões da Piaggio. E parece funcionar bem: o monomotor alcança 480 km/h e pode voar a 7.600 metros de altitude.

Com esse desempenho, o Cobalt Valkyrie Co50 será o avião mais rápido do mundo em sua categoria, de aeronaves com motor a pistão e capacidade para quatro ocupantes. A fabricante ainda divulgou que o aparelho terá um alcance de até 1.945 km e um curioso sistema de emergência: em caso de pane ou perda de controle, o piloto poderá acionar um paraquedas balístico para frear a queda da aeronave e pousar na vertical em segurança.

O avião será impulsionado por um motor "pusher" a gasolina de 340 cv (Cobalt Aircraft)
O avião tem um motor “pusher” de 340 cv; as asas tem 9,1 metros de envergadura (Cobalt Aircraft)

A cabine de comando do monomotor também é das mais avançadas. Todos os instrumentos de voo ficam reunidos em telas digitais que podem ser controladas pelo toque e o comando da aeronave é por sidesticks. Já a fuselagem e as asas, de acordo com o fabricante, são fabricadas principalmente com materiais compostos, como fibra de carbono, o que faz o avião ser resistente e leve. Valkyrie pesa apenas 1.550 kg.

O Valkyrie já voa, mas ainda não foi homologado para entregas. A Cobalt Aircraft ainda está realizando uma série de voos com seis protótipos e a certificação da FAA, o órgão de administração federal de aviação dos EUA, é aguardada para meados de 2017.

Interessados no modelo, porém, já podem assinar o cheque e garantir o seu. O Valkyrie Co50, por incrível que pareça, pode ser comprado pela internet no site da Cobalt-Aircraft. Não só isso, há até uma promoção: os 50 primeiros pagarão US$ 699 mil pela aeronave, cerca de R$ 2,6 milhões, uma quantia razoável para um avião de alta performance e com estilo tão diferente.

Veja mais: Horizon X2, o hidroavião elétrico “tamanho família”

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
eduardo lopes
eduardo lopes
6 anos atrás

Olha se não fosse pela aerodinamica eu diria que está muito caro! e custa muito mesmo. Embora deva ser de facil manobrabilidade e não deve precisar de pista longa isto já facilita pousar em qualquer trecho de estrada caso tenha uma pane .Custo beneficio vale o investimento. Embora acredito tem um projeto de uma universidade de minas de um modelo que atinge alta velocidade e é monoplace turbo helice .Não é concorrente mais tem um design arrojado fruto da criatividade dos mineiros e acredito que tem as mesma caracteristicas facil manobras e facil posar em pistas curtas.Eu acredito que este modelo de minas gerais é mais barato embora não seja concorrente direto.

Previous Post
Mamma mia! A Alitalia oferece pratos como massas e assados (Alitalia)

Refeição de bordo da Alitalia é eleita a melhor do mundo

Next Post
A indústria aeronáutica chinesa já desenvolveu uma série de aeronaves diferentes

Aviões ‘Made in China’

Related Posts
Total
0
Share