Colégios Embraer agora tem vagas para alunos pagantes

Antes restrito somente para bolsistas, instituição agora reserva 20% das vagas para alunos pagantes; incrição para o processo seletivo deve ser feita até 31 de agosto
O E195-E2 e o KC-390 são alguns dos principais destaques do Paris Air Shoe deste ano (Embraer)
Mais de 80% dos alunos que passaram pelos colégios da Embraer foram aprovados nas melhores universidades do Brasil (Embraer)

O Instituto Embraer abriu nesta segunda-feira (20) as inscrições para o processo seletivo da turma 2019 dos Colégios Embraer de ensino médio. Ao todo são 320 vagas disponíveis para alunos que estejam finalizando o ensino fundamental nas regiões de São José dos Campos e Botucatu, no interior de São Paulo.

A novidade no processo seletivo deste ano é a abertura de vagas para estudantes pagantes. Em 2019, 80% das vagas serão gratuitas, destinadas a alunos de baixa renda e vindos da rede pública, e 20% para alunos pagantes. Até então, os colégios da Embraer recebiam somente alunos carentes, que entravam por critério socioeconômico, depois da prova.

De acordo com a Embraer, a mudança traz dois impactos positivos: garante a sustentabilidade do projeto no longo prazo e promove uma maior integração social, a partir da diversificação do público atendido.

E quem faz o ensino médio nos colégios da Embraer costumam ter bons resultados em vestibulares. De acordo com o Instituto Embraer, desde sua inauguração em 2002 mais de 80% dos alunos que passaram por seus colégios foram aprovados nas melhores universidades do Brasil. No último ano, a unidade de São José dos Campos foi classificado entre as 100 escolas com as maiores notas do país no Enem.

Anualmente, os Colégios Embraer atendem 960 alunos (600 em São José dos Campos e 360 em Botucatu) que são divididos pelos três anos do ensino médio.

Colégio Embraer Juarez Wanderley, em São José dos Campos (Embraer)
Colégio Embraer Juarez Wanderley, em São José dos Campos (Embraer)

As inscrições para o processo seletivo devem ser feitas até 31 de agosto pelos sites do Instituto Embraer ou da Vunesp. A prova acontece no dia 21 de outubro e será a mesma para todos os candidatos, que devem sinalizar na inscrição a opção pela vaga social (gratuita) ou geral (pagante).

Os alunos na disputa pelas vagas gratuitas deverão estar concluindo o ensino fundamental na rede pública neste ano e ter renda mensal bruta per capita de um salário mínimo e meio (R$ 1.431), limitada a nove salários mínimos nacionais por família.

As demais vagas não têm restrição socioeconômica e são destinadas a estudantes de escolas públicas ou privadas. Os alunos pagantes deverão contribuir com o valor mensal de R$ 1.980 no colégio da Embraer em São José dos Campos ou R$ 1.590 na unidade em Botucatu. Segundo a Embraer, o valor da mensalidade equivale ao custo do programa por aluno em cada região, que inclui aulas em período integral, uniforme, alimentação e transporte.

Serviço:

Inscrições de 20 a 31 de agosto pelos sites institutoembraer.org.br ou vunesp.com.br
Detalhes do edital

Colégio Embraer Juarez Wanderley – São José dos Campos – 200 vagas
160 vagas sociais gratuitas – Critério socioeconômico
40 vagas gerais para pagantes – Contribuição mensal R$ 1.980
Abrangência: São José dos Campos, Jacareí, Caçapava e Taubaté.

Colégio Embraer Casimiro Montenegro – Botucatu – 120 vagas
96 vagas sociais gratuitas – Critério socioeconômico
24 vagas gerais para pagantes – Contribuição mensal R$ 1.590
Abrangência: Botucatu, São Manuel, Areiópolis, Pardinho, Itatinga, Anhembi, Bofete e Pratânia.

Veja mais: Combustível de aviação alcance valor recorde no Brasil

Total
0
Shares
Previous Post
O novo voo da Gol entre Campinas e Brasília será realizado com jatos 737-800 (GOL)

Combustível de avião alcança valor recorde no Brasil

Next Post

Depois de lenta gestação, HondaJet amplia sua presença no mercado executivo

Related Posts