Com 15 aviões danificados, Aerolineas Argentinas suspende venda de passagens

Aeronaves da empresa ficaram danificadas após uma tempestade de granizo em Buenos Aires
A chuva de granizo em Buenos Aires danificou 15 jatos Boeing 737 da companhia (Thiago Vinholes)
A chuva de granizo em Buenos Aires danificou 15 jatos Boeing 737 da companhia (Thiago Vinholes)
A chuva de granizo em Buenos Aires danificou 15 jatos Boeing 737 da companhia (Thiago Vinholes)
A chuva de granizo em Buenos Aires danificou 15 jatos Boeing 737 da companhia (Thiago Vinholes)

A companhia aérea Aerolineas Argentinas decidiu suspender a venda de passagens para todos os seus destinos até o próximo domingo devido aos danos causados em suas aeronaves pela forte de chuva de granizo que atingiu Buenos Aires, na Argentina, na última quarta-feira (21). Dos 81 aviões da empresa, 15 deles (jatos Boeing 737 estacionados do Aeroparque Jorge Newbery) sofreram danos e esperam por reparos.

Segundo comunicado da empresa, algumas das aeronaves afetadas já foram reparadas e estão prontas para voar, mas ainda aguardam a certificação de manutenção de técnicos da Boeing para retomar as atividades. O plano da companhia é consertar todos os aviões antes do final da Semana Santa, quando é esperado uma maior movimentação de passageiros.

“A venda (de passagens) foi cancelada para proteger os passageiros que já têm bilhetes. Temos de reprogramar, consolidar e provavelmente cancelar alguns voos até normalizar o situação”, declarou a companhia. Os cancelamentos afetaram cerca de 3.600 passageiros, mas 75% deles foram remanejados em outros voos, complementou a Aerolineas Argentinas.

Aqueles que desejam comprar um bilhete, de qualquer aeroporto para qualquer destino, não poderão fazê-lo no site da companhia ou por outros canais oficiais de venda. Até sábado (24), os voos da companhia argentina aparecem com a legenda “não disponível”.

Veja mais: Esquadrilha da Fumaça retoma apresentações no próximo domingo

Total
0
Shares
Previous Post

Avião da Joon que fará a rota Fortaleza-Paris está pronto

Next Post
No Brasil, somente a Azul e a Gol têm capital aberto na Bolsa de Valores (Azul)

Azul quer lançar voos para até 35 novos destinos

Related Posts