Companhia aérea australiana fecha megacompra de 30 jatos E190 que estão nos EUA

Alliance Aviation anunciou o acordo com a empresa de leasing AerCap para receber aviões a partir de setembro. Jatos da Embraer estariam hoje a serviço da companhia aérea JetBlue
um dos 18 jatos E190 operados para a Qantas (Sportz Fotos Your Sport Your Photos)

A Alliance Aviation, empresa australiana especializada no chamado ‘wet-leasing‘ (que inclui o fornecimento do serviço completo de operação de aviões a terceiros), anunciou nesta segunda-feira, 27, ter fechado a compra de 30 jatos Embraer E190 com a empresa de leasing AerCap.

Embora tenha dito apenas que as aeronaves estão operando por “uma companhia aérea dos EUA”, eles fariam parte da frota da JetBlue.

A companhia fundada pelo empresário David Neeleman tem um contrato de leasing de 30 E190 que havia sido fechado com a GECAS, empresa que foi assumida pela AerCap.

A JetBlue já havia revelado a intenção de retirar de serviço sua frota de aviões da Embraer até meados de 2025.

Os 30 E190 comprados pela Alliance devem ser os que voam hoje com a JetBlue (PierreSelim/Wikimedia)

Frota de 63 E190

“Esta aquisição fornecerá à Alliance maior capacidade, acesso aos principais componentes, incluindo motores e capacidade operacional aprimorada”, afirmou o diretor administrativo da Alliance, Scott McMillan.

As aeronaves começarão a ser entregues em setembro em um processo gradativo que será concluído em janeiro de 2026. Os E190 passarão por um processo de revitalização antes de entrarem em serviço na Austrália.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

A Alliance disse ainda que alguns aviões serão desmontados e seus motores e componentes usados para manter um estoque para o restante da frota.

A meta da empresa é ter 100 jatos em 2026, sendo 63 E190 e 37 Fokker 70 e 100.

QantasLink terá 30 E190 à sua disposição (Qantas)

Contrato com a Qantas ampliado

A Alliance tem se beneficado da retomada da demanda de passageiros da Qantas Airways, a maior transportadora australiana. Atualmente, 18 jatos E190 voam com as cores da subsidiária QantasLink em rotas entre cidades menores do país.

Na semana passada, a Alliance e a Qantas decidiram ampliar o acordo para 30 aviões brasileiros em wet lease.

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

Air Senegal desiste de voar com o A220-300, rival do Embraer E195-E2

Next Post

Novo A321XLR passa por testes em região congelante do Canadá

Related Posts
Total
0
Share