Delta Air Lines pode anunciar pedido de 130 Boeing 737 MAX 10 em Farnborough

Fabricante e companhia aérea dos EUA negociam acordo há meses e que deve prever 100 pedidos firmes e 30 opções a serem entregues a partir de 2025
Boeing 737 MAX 10

Após ver sua concorrente Airbus anunciar uma imensa encomenda de quase 300 aeronaves da família A320neo por empresas aéreas da China, a Boeing pode revelar em breve o esperado acordo com a Delta Air Lines pelo 737 MAX.

De acordo com fontes do Air Current, a companhia aérea dos EUA está acertando os últimos detalhes de um pedido de 130 jatos 737 MAX 10, 100 deles firmes e 30 opções, a serem entregues a partir de 2025.

Se confirmado, será o maior pedido pela variante de maior capacidade do 737 MAX, com até 230 assentos. Ainda segundo o site, o anúncio poderá ocorrer durante a Feira de Farnborough, que começa no dia 18 de julho.

O negócio tem um valor simbólico bastante grande já que a Delta não recebe uma aeronave da Boeing há três anos. Desde então, a companhia aérea sediada em Atlanta tem fechado vários pedidos com a Airbus, e hoje vê sua frota dominada pelos jatos europeus, entre eles o A330neo, A350-900, o A220 e a família A320neo.

A Delta não conta com um avião da Boeing desde 2019, quando recebeu um 737-900

A encomenda esperada pela Boeing não teria sido uma concorrência com a Airbus e sim uma espécie de aceno à indústria aeroespacial dos EUA a fim de evitar uma situação desconfortável para a Delta, única das grandes empresas do país a não contar com o 737 MAX.

A aeronave de corredor único, após um longo período em inatividade por conta de acidentes fatais, voa atualmente com a American Airlines, United, Southwest e Alaska, entre outras companhias aéreas dos EUA.

 

Total
1
Shares
Previous Post
Trem de pouso "atolado" no pavimento EMAS (Runwaysafe)

Infraero conclui obra de áreas de escape que “agarram” aviões no aeroporto de Congonhas

Next Post

KC-390 da Força Aérea Brasileira faz primeiro lançamento de carga na Antártica

Related Posts
Total
1
Share