Dilma conhece em Brasília o Embraer KC-390

Aeronave realizou voo de teste até a capital federal, onde foi apresentado às autoridades
Essa foi a primeira vez que o KC-390 pousou em Brasília (FAB)
Essa foi a primeira vez que o KC-390 pousou em Brasília (FAB)
Essa foi a primeira vez que o KC-390 pousou em Brasília (FAB)
Essa foi a primeira vez que o Embraer KC-390 pousou em Brasília (FAB)

A presidente Dilma Rousseff conheceu nesta terça-feira (5), na Base Aérea de Brasília, o jato militar Embraer KC-390. O modelo será o novo cargueiro reabastecedor da Força Aérea Brasileira (FAB), com entrada em serviço prevista para o final de 2017.

Acompanhada pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, pelos gerentes do projeto e do presidente da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Schneider, Dilma viu de perto os detalhes da maior aeronave já desenvolvida no Brasil, que esteve na capital federal cumprindo uma das etapas de ensaio em voo e certificação.

“É um avião de carga bem maior, com uma grande capacidade. Sem dúvida nenhuma é algo que deve nos orgulhar, como brasileiros é uma prova de que a engenharia e as empresas brasileiras, juntamente com a indústria de defesa e a política de defesa nacional, são capazes de gerar uma grande vantagem para o país”, avaliou a presidente.

“O avião também vai propiciar para o País divisas em moedas estrangeiras por ser um produto extremamente robusto que tem grande capacidade estratégica. É um feito, sem sombra de dúvidas, da engenharia nacional e da empresa Embraer”, destacou Dilma.

O KC-390 vai substituir os veteranos cargueiros C-130 Hércules (FAB)
O KC-390 vai substituir os veteranos cargueiros C-130 Hércules da Força Aérea (FAB)

Há pouco mais de um ano, o KC-390 realizou seu voo inaugural e de lá para cá vem sendo testado em ensaios em voo. “Estamos na quarta fase do projeto, rumo à certificação. É importante também a gente ter tido a oportunidade de estar aqui em Brasília, para que as autoridades que são responsáveis pelo programa vejam o resultado desse trabalho que está acontecendo”, explicou o Paulo Gastão, diretor do Programa KC-390 na Embraer.

O KC-390 está sendo projetado para substituir os atuais cargueiros C-130 Hércules e a previsão é que a certificação aconteça no segundo semestre de 2017. “O KC-390 é uma aeronave que vai ser uma marco operacional e doutrinário para a FAB. Nessa fase que nós estamos, vamos partir para o que chamamos de congelamento aerodinâmico, em que testaremos a aeronave em um dos componentes principais, que são os lançamentos reais de carga e pessoal”, afirmou o Gerente do Programa KC-390 na FAB, Coronel Cláudio Evangelista Cardoso.

O KC-390 é o maior avião já desenvolvido e fabricado no Brasil (FAB)
O KC-390 é o maior avião já desenvolvido e fabricado no Brasil (FAB)

Além da FAB, que encomendou 30 aeronaves, outros cinco países já assinaram acordos de “intenção de compra” do novo jato brasileiro. São eles Argentina, Colômbia, Chile, Portugal e República Tcheca. Suécia e Itália também já demonstraram interesse pelo avião.

Veja mais: Primeiro caça Gripen NG será apresentado em maio

Fonte: FAB

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ulysses
Ulysses
5 anos atrás

Sugiro uma reportagem comparativa entre o Embraer KC 130 , Hercules C 130 e o Ucraniano Antonov AN 178

Fábio
Fábio
5 anos atrás

Foi conhecer o avião só para fazer um bonito, aposto que essa pseudo humana, ficou se imaginando junto com o monte de vagabundos ‘vulgo’ deputados, viajando de graça as custas da FAB.

Julio Cordeiro
Julio Cordeiro
5 anos atrás

Um belíssimo avião, realmente um orgulho…parabéns à equipe de desenvolvimento da Embraer.
Que a parceria com a Saab igualmente renda frutos tecnológicos à empresa.

roberto andrade
roberto andrade
5 anos atrás

Parabéns à EMBRAER, e ao governo brasileiro, acionista da empresa via BNDES, e principal financiador do projeto KC-390, desde o seu desenvolvimento inicial. Sem o apoio e a decisão estratégica do governo esse avião nunca teria saído do papel.

Hamilton Mendes
Hamilton Mendes
5 anos atrás

Como sempre há um engraçadinho que na falta de argumentos apela p/ofensas gratuitas à Presidenta da República. A verdade é que (independente de criticas a sua gestao) quem teve a coragem de bancar o programa do KC 390 foi Dilma. Hoje em vários fóruns lê-se um bando de comentários ufanistas (até parecendo que o Brasileiro médio é nacionalista, o que em geral é desmentido p/fatos) mas se a aeronave tivesse enfrentado problemas nos primeiros testes o complexo de vira-latas teria imediatamente aflorado e um bando de pseudo especialistas estaria jogando pedras na Embraer.

carlos Junior
5 anos atrás

Parabens Embraer com seu aviao mais que show fantastisco e tambem parabens ao Governo Federal de Forças armadas pela sua engenharia que com audacia e competencia, em fazer os gabaritos ou requisitos para embraer desenvolver fabricar e montar o Brazil vai ganhar muito em receitas u$$ scom este aviao kc 390 nos proximos dez ou vinte anos

Cunha
Cunha
5 anos atrás

Pergunta: Por que ao lado da porta existem alem da bandeira do Brasil, mais três?

MARCIO LIRA
MARCIO LIRA
5 anos atrás

Cunha, são as bandeiras de países parceiros e possíveis clientes: Brasil, Argentina, Portugal e República Tcheca.

Emidio Britto
Emidio Britto
5 anos atrás

Um belo avião, sem dúvida! Parabéns, EMBRAER!

Marcos
Marcos
5 anos atrás

Que maravilha de máquina!!!

Fernando Garcia Simon
Fernando Garcia Simon
5 anos atrás

Sempre tem um vira lata tentando desqualificar o governo e o Brasil.
Parabéns Dilma, parabéns Embraer, parabéns forças armadas, parabéns Brasil. Grande projeto que dignifica o Brasil, nossos talentos da engenharia e nossa tecnologia.

Previous Post
A TAM operou com 12 jatos Airbus A330 nos últimos 18 anos (Tam)

TAM aposenta A330, jato que lançou seus voos internacionais

Next Post
Os Cadetes que ingressarem no curso recebem remuneração e assistência de moradia e alimentação (FAB)

FAB abre vagas para pilotos

Related Posts