Dona da British Airways e Iberia repensa compra da Air Europa

Dois anos após anunciar acordo com a espanhola Globalia, grupo IAG confirmou que está discutindo a rescisão dos atuais termos, mas admite fazer nova proposta
Boeing 787-8 da Air Europa

O International Airlines Group (IAG) está discutindo a rescisão do contrato de compra da Air Europa com a Globalia, admitiu o diretor financeiro do grupo, Stephen Gunning, nesta semana.

O acordo de aquisição da companhia aérea espanhola foi anunciado em novembro de 2019 por uma soma de 1 bilhão de euros. No entanto, a pandemia do Covid-19 acabou minando o negócio a ponto de o IAG renegociar os valores a serem pagos pela metade.

Mesmo assim, a controladora da British Airways, Iberia e Aer Lingus, entre outras, considerou não existir mais vantagens na aquisição da Air Europa da forma como a proposta foi feita na época.

Além disso, o acordo estava ameaçado por conta das autoridades anti-truste do Reino Unido e da Europa, que investigavam se a fusão não reduziria a concorrência nas viagens aéreas na região.

Pelos termos originais, a Iberia assumiria a Air Europa e seu hub em Madri, além de ampliar a presença do grupo na América do Sul.

Apesar disso, o CEO do IAG, Luis Gallego, admitiu que a empresa pode propor um novo acordo, mas em termos diferentes para a Globalia.

Atualmente, a Air Europa possui uma frota de 45 aeronaves, entre eles 18 Boeing 787 Dreamliner, usados nas rotas de longa distância, outros 18 Boeing 737-800, além de seis jatos regionais E195 e três turboélices ATR.

Total
7
Shares
Previous Post

Singapore Airlines é a nova cliente do A350F

Next Post

Primeiro Embraer E195 da SAS é visto na Inglaterra

Related Posts