Embraer entrega primeiro jato Legacy 500 no México

Aeronave pode voar entre Manaus e Toluca sem escalas com oito passageiros
O primeiro Embraer Legacy 500 foi comprado pela empresa mexicana "Transpaís Aéreo" (Foto - Embraer)
O primeiro Embraer Legacy 500 foi comprado pela empresa mexicana “Transpaís Aéreo” (Foto – Embraer)
O Legacy 500 pode voar a velocidade máxima de até 1.016 km/h (Foto - Embraer)
O Legacy 500 pode voar a velocidade máxima de até 1.016 km/h (Foto – Embraer)

A divisão de aviação executiva da Embraer entregou o primeiro jato Legacy 500 para um cliente no México. A aeronave da categoria “midsize” e avaliada em cerca de US$ 20 milhões, tem capacidade para transportar até oito passageiros por uma distância máxima de 5.788 km, o suficiente para viajar entre Londres e Nova York, ou de Manaus a Toluca, sem escalas.

A compra da aeronave foi realizado logo após o Legacy 500 receber a certificação de segurança de orgão de aviação civil do México, em junho. A primeira unidade foi adquirida pelo empresa de táxi aéreo “Transpaís Aéreo”.

“A entrega do primeiro Legacy 500 no México destaca a tendência do mercado em buscar jatos executivos que combinem desempenho, alcance, baixo custo de operação e conforto de cabine”, disse Marco Túlio Pellegrini, Presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva.

O México possui atualmente a segunda maior frota de jatos executivos do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. “Estamos muito orgulhosos por receber o primeiro Legacy 500 no México”, disse Hector Gonzalez, Diretor-Geral da Transpaís Aéreo, que também possui aeronaves Phenom 100 e 300 e o Legacy 600 em sua frota.

Reunião a 13.700 metros

O Legacy 500 é um dos poucos jatos executivos médios com alcance intercontinental, além de ser também um dos mais rápidos. O modelo pode voar a velocidade máxima de 1.016 km/h, mas opera normalmente em voo de cruzeiro de 863 km/h em altitude de até 13.710 metros.

O primeiro Embraer Legacy 500 foi comprado pela empresa mexicana "Transpaís Aéreo" (Foto - Embraer)
O primeiro Embraer Legacy 500 foi comprado pela empresa mexicana “Transpaís Aéreo” (Foto – Embraer)

O jato da Embraer é ideal para aeroportos pequenos, já que pode decolar com 1.245 metros de pista e pousa em 647 m. Os motores turbofan do Legacy geram cada um mais de 6.000 libras de tração.

Como manda o segmento da aviação executiva, o interior do Legacy 500 é altamente luxuoso e os ocupantes conseguem até ficar de pé (a cabine tem 1,82 metro de altura). A versão adquirida pelo cliente mexicano possui a configuração com oito poltronas. Se não houver “tantos” passageiros, os assentos podem ser convertidos em leitos para repouso completo. A aeronave ainda possui sistema de entretenimento a bordo com vídeo de alta definição, várias opções de entrada auxiliares e comandos por voz.

O Legacy 500 é o primeiro jato midsize totalmente equipado com sistema de comandos de voo baseado na tecnologia fly-by-wire, com manche lateral de controle (sidestick) e a suíte de aviônicos em quatro telas LCD de alta resolução de 15 polegadas, completamente digital.

O sistema fly-by-wire troca comandos manuais por eletrônicos, aumentando o nível de automação da aeronave e reduzindo a carga de trabalho dos pilotos.

Veja mais: Embraer apresenta novo jato executivo Legacy 450

Total
0
Shares
Previous Post
A Capitã é responsável por levar soldados até regiões de conflito e depois trazê-los de volta (Foto - FAA)

Após ameaças, primeira mulher piloto do Afeganistão desiste da carreira militar

Next Post
O novo sistema datalink permitirá ao Harrier se "conectar" ao moderno caça F-35 (Foto - US Marine Corps)

EUA vai prolongar vida do Harrier por mais 10 anos

Related Posts