Embraer revela primeiro E190-E2 de série

Aeronave de nova geração será entregue a companhia Widerøe Airlines da Noruega em abril
A Widerøe possui três pedidos firmes pelo E190-E2 e opção para mais 12 unidades (Embraer)
A Widerøe possui três pedidos firmes pelo E190-E2 e opção para mais 12 unidades (Embraer)
A Widerøe possui três pedidos firmes pelo E190-E2 e opção para mais 12 unidades (Embraer)
A Widerøe possui três pedidos firmes pelo E190-E2 e opção para mais 12 unidades (Embraer)

O primeiro jato Embraer E190-E2 de série está quase pronto! John Slattery, presidente e CEO da fabricante, divulgou em seu Twitter nesta segunda-feira (12) a primeira imagem da aeronave com as cores de seu operador de lançamento, a companhia Widerøe Airlines da Noruega.

De acordo com a fabricante, o primeiro E190-E2 deixou a linha de montagem nesta segunda-feira e entrará na fase final de preparação antes de iniciar os testes de voo. A cerimônia de entrega do modelo está marcada para o dia 4 de abril, na sede da Embraer em São José dos Campos (SP).

O E190-E2 será o primeiro avião com motores a jato adquirido pela Widerøe, fundada em 1934 e atualmente a maior companhia aérea regional da Escandinávia. A frota atual da empresa é composta por turbo-hélices Bombardier Dash 8 em diferentes versões (além de modelos mais antigos fabricados pela de Havilland Canada). Ao todo, a empresa norueguesa possui três pedidos firmes pelo novo jato da Embraer e opção para mais 12 unidades. A encomenda tem um valor potencial de até US$ 873 milhões.

Até o momento, a Embraer soma mais de 700 pedidos pelo novos jatos da série E2, entre pedidos firmes e opções de compra que podem ser concretizadas. Além do novo E190, a família também será composta pelos modelos E195-E2 e E175-E2.

Liberado para voos comerciais

A Embraer recebeu no final de fevereiro a certificação que autoriza o E190-E2 para realizar voos comerciais, documento que também libera a fabricante a iniciar as primeiras entregas da nova aeronave aos clientes. Em um caso raro na aviação, o jato recebeu uma certificação “tripla” simultânea, emitidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), FAA, a autoridade de aviação civil dos Estados Unidos, e da EASA, da Europa.

A aeronave de segunda geração mantém a mesma capacidade de passageiros (de 100 a 114 ocupantes) do primeiro E190, mas traz uma série de inovações tecnológicas que facilitam seus comandos e, principalmente, diminuem o consumo de combustível. Segundo a Embraer, o E2 é 17,3% mais eficiente que o modelo da primeira geração, o que permite realizar voos de maior autonomia: o E190-E2 tem alcance de 5.330 km, contra 4.540 km do E190.

Veja mais: Novo Embraer E190-E2 é liberado para voos comerciais

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silveste
Silveste
4 anos atrás

Se tivesse sido privatizada seria mais um cabide empregos pra políticos corruptos,principalmente petralhas.

Lindomar tavares
4 anos atrás

Quem disse que uma empresa bem sucedida como EMBRAER, teria interesse numa associacao com outra mal gerida como BOEING.

LUIZ HENRIQUE
LUIZ HENRIQUE
4 anos atrás

Silvestre. A voz da alienação é ignorância.

Sergio Salomon
4 anos atrás

O Airway é um dos meus sites prediletos. A vida me levou por outros caminhos – sou engenheiro, mas quando adolescente queria entrar para para a Escola de Cadetes do Ar. Sou um apaixonado por aviões e tudo que se relaciona com este equipamento inventado por Santos Dumont.

Marcelo
Marcelo
4 anos atrás

Se NÃO tivesse sido privatizada, creio que é isso que você queria dizer, não é Silvestre? Gosto demais de acompanhar as notícias sobre a Embraer, principalmente por este site, e fico sempre esperando as notícias desta empresa que me dá muito orgulho de ser brasileiro e a certeza de que, como nação, somos gigantes! O que está faltando é acabarmos com este sistema político nosso que acoberta e beneficia estes canalhas que estão aí no poder.

Previous Post
O SuperCobra é um dos helicópteros de ataque mais letais do mundo (USMC)

Exército Brasileiro tem interesse em helicópteros SuperCobra

Next Post

Mais dois aeroportos brasileiros terão transporte por trilhos em março

Related Posts
Total
0
Share