A força aérea da Alemanha vai receber seus dois A321LR em 2022 (LHT)

Até a força aérea da Alemanha (Luftwaffe) se rendeu aos benefícios do A321LR. Novo “queridinho” da aviação comercial, o jato narrowbody (de um corredor) de longo alcance da Airbus será modificado para atuar no transporte de tropas e funções de evacuação médica a serviço da Luftwaffe, que encomendou duas aeronaves.

O trabalho de adaptação dos aviões será realizado pela Lufthansa Technik, divisão do grupo Lufthansa especializado em manutenção e modificações aeronáuticas. A empresa alemã informou que vai receber os jatos em sua sede localizada em Hamburgo, em agosto e outubro do próximo ano. Os modelos concluídos serão entregues à força aérea em 2022.

A Airbus ainda não lista nenhuma encomenda para o A321neo para operadores governamentais, embora 88 pedidos para a variante aparecem na relação de clientes não identificados.

“Com o Airbus A321neoLR, a Força Aérea Alemã receberá uma aeronave de passageiros moderna e preparada para o futuro, que pode ser implantada em várias configurações de cabine altamente flexíveis em voos de curto, médio e longo curso. As duas aeronaves serão operadas pela ala especial da missão aérea do Ministério Federal da Defesa, aproveitando ao máximo os efeitos de sinergia com os modelos da família Airbus A320 já apresentados”, informou a Lufthansa Technik.

De acordo com a empresa alemã, o interior dos A321LR da Luftwaffe poderão ser configurados de 18 formas diferentes. A capacidade de transporte de passageiros da aeronave varia de 136 a 163 ocupantes. Em missões de resgate, os jatos podem ser ajustados para transportar seis pessoas em terapia intensiva ou 12 enfermos com problemas de saúde leves ou moderados, bem como várias disposições mistas para transporte de pacientes feridos ou doentes.

Com alcance de até 7.400 km, o A321LR é a versão intermediária do A321neo, avião que vinha acumulando centenas de pedidos de companhias aéreas do mundo antes da pandemia da COVID-19. O primeiro modelo LR (Long Range) foi entregue pela Airbus em 2018. A fabricante europeia também trabalha no desenvolvimento do A321XLR, modelo terá que terá alcance de 8.700 km e tem previsão de estreia entre 2021 e 2022.

Veja mais: Caça de última geração do Japão deve decolar em 2028