Fórum debate o futuro da Aviação Naval no Brasil

Organizada pela parceira de Airway, a revista ASAS, 5º Fórum acontece no dia 28 de agosto em São Paulo
Aviação naval é tema de fórum da revista Asas
Aviação naval é tema de fórum da revista Asas

Aos 102 anos, em um momento de ampla renovação, a Aviação Naval brasileira é tema do 5º Fórum ASAS, que acontece no próximo dia 28 de agosto, em São Paulo (SP). As inscrições estão abertas.

O debate acontece em um momento de novidades e transformações para a Aviação Naval. Entre as principais novidades estão a incorporação dos UH-15 em sua versão de guerra antisuperfície, dos MH-16 Sea Hawk e dos AH-11B modernizados no padrão Wildcat.

No mar, também há mudanças. Por um lado, a Marinha anunciou a desativação do único porta-aviões disponível, o A-12 São Paulo. Por outra, há a chegada do Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico, a nova nau-capitânia da Marinha. Também foram incorporados nos últimos anos meios navais com grande capacidade de apoiar operações aéreas, como o NDM Bahia.

Realizado com o apoio oficial da Marinha do Brasil e do Ministério da Defesa, o 5º Fórum ASAS irá reunir  representantes de empresas, comandantes de unidades e especialistas. A programação do evento inclui uma participação do próprio Comandante da Força Aeronaval da Marinha do Brasil, Contra-Almirante Denilson Medeiros Nôga, e de outros oficiais do Comando da Aviação Naval; além de apresentações especiais das principais empresas hoje envolvidas em programas com a Força Aeronaval, como a MBDA, Airbus, Embraer Defesa e Segurança, Leonardo e Helibras.

“Os eventos de ASAS privilegiam o networking. É um encontro das lideranças de cada área com o público interessado e a imprensa”, disse Claudio Lucchesi, editor da Revista ASAS e idealizador do Fórum ASAS.

Acesse o hotsite www.eventoasas.com.br para ver a programação completa e fazer sua inscrição.

SERVIÇO

5º Fórum ASAS

Dia 28 de agosto – 8h30 às 17 horas

Matsubara Hotel – Rua Coronel Oscar Porto, 836 São Paulo (SP)

Helicóptero da Marinha na Antártida

Total
0
Shares
Previous Post
O Tu-22 pode carregar mais de 20 toneladas de bombas ou outros armamentos (UAC)

Tupolev apresenta bombardeiro Tu-22 modernizado na Rússia

Next Post
O Irã diz que o Kowsar é 100% nacional, no entanto parece mais uma cópia exata do F-5 (Tasnim)

Irã apresenta o Kowsar, seu primeiro caça “100% nacional”

Related Posts