Funcionário da Boeing em Everett testa positivo para coronavírus

Fábrica em Everett concentra a produção das aeronaves wide-bodies da empresa norte-americana
(Boeing)
O 787 é um dos jatos produzidos pela Boeing em Everett (Boeing)

O novo coronavírus chegou à fábrica da Boeing em Everett, no estado de Washington. A fabricante norte-americana confirmou nessa segunda-feira (9) que um funcionário da unidade testou positivo para o Covid-19, a doença causada pelo vírus que já contaminou mais de 100 mil pessoas no mundo todo.

“A Boeing está fornecendo todo o seu suporte a um funcionário em nossas instalações de Everett que deu positivo para o Covid-19”, afirmou a empresa em comunicado. “O funcionário está agora em quarentena, recebendo os cuidados e o tratamento necessários para sua recuperação.”

A fabricante ainda pediu a todos os colegas de trabalho que tiveram contato próximo com o funcionário contaminado que permaneçam em casa em “auto-quarentena e auto-monitoramento”. A Boeing também acrescentou que está realizando uma limpeza completa nas áreas de trabalho e espaços comuns na unidade em Everett, mas que isso não afetou a produção na planta.

Inaugurada em 1967, a fábrica da Boeing em Everett ocupa o maior edifício do mundo em volume, com mais de 13 milhões de m³. A unidade é responsável pela produção das aeronaves de corpo largo (wide-body) da fabricante, os jatos 747, 767, 777 (e a nova geração 777X) e o 787.

Veja mais: Coronavírus reduz ainda mais a demanda pelo novo Airbus A330neo

Total
18
Shares
Previous Post

Cenário adverso faz Azul suspender voo entre Campinas e Porto a partir de setembro

Next Post

Avanço do coronavírus faz clientes da Embraer adiarem recebimento de aeronaves

Related Posts