Helibras apresenta primeiro H135 da Marinha do Brasil

Novo helicóptero de emprego geral da Marinha será enviado para a Operação Antártica, em 2020
(Helibras)
A Marinha do Brasil encomendou três H135 com equipamentos de resgate aeromédico (Helibras)

A Helibras, subsidiária brasileira da Airbus Helicopters, participou na última quinta-feira (29/8) do evento de comemoração do 103° aniversário da Aviação Naval, em São Pedro da Aldeia (RJ). Na ocasião, a fabricante expôs o novo helicóptero biturbina H135 que será entregue à Marinha do Brasil até o fim deste ano.

A aeronave faz parte de um contrato oficializado em fevereiro que inclui três H135 e serviços de suporte. Os novos modelos serão utilizados pela Marinha para substituir os AS355 Esquilo (UH-13 da designação da Marinha), em operação desde 1986. O valor na negociação não foi divulgado.

Os helicópteros vem da Europa e passam por adaptações na fábrica da Helibras, em Itajubá (MG), onde recebem os acessórios de missões requisitados pela Marinha. Alguns dos itens instalados nas aeronaves são flutuadores, ganchos, radares meteorológicos e kits aeromédicos.

Os H135 serão operados pelo 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-1) e ficará baseado em São Pedro da Aldeia. O novo helicóptero também será designado para a Operação Antártica, prevista para 2020.

Os helicópteros operam a partir de dois navios da Marinha Brasileira (Airbus Helicopters)
Os H135 vão substituir os antigos Esquilo biturbina da Matinha (Airbus Helicopters)

H135

Evolução do EC135 lançado pela Eurocopter em 1995, o modelo hoje conhecido como H135 é um dos helicópteros mais pedidos do mercado e pode atuar em uma série de missões, de transporte executivo a resgates aeromédicos. Desde a introdução da primeira geração aeronave, em 1996, a fabricante entregou mais de 1.300 unidades.

No ramo militar, o H135 (EC135 mais antigos) voa em forças militares e policiais de 30 países. Um desses clientes é a Força Aérea Brasileira, que possui dois EC135 (VH-35) operados pelo Grupo de Transporte Especial.

Com visual moderno e alto desempenho, o VH-35 pode transportar até sete passageiros (FAB)
Os VH-35 da FAB podem transportar até sete passageiros (FAB)

Veja mais: Caça Gripen E do Brasil completa primeiro voo

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

Aviões agrícolas viram “bombeiros” nos incêndios da Floresta Amazônica

Next Post

Acordo operacional leva controladores de tráfego aéreo para voar na cabine do piloto

Related Posts