Helicóptero da FAB resgata homem ferido em navio na costa pernambucana

Missão foi realizada por militares do Esquadrão Falcão, nessa quinta-feira (01), com um helicóptero H-36 Caracal
O helicóptero da FAB realizou o resgate a cerca de 30 km da costa pernambucana (FAB)

Militares do Esquadrão Falcão (1º/8º GAV) da Força Aérea Brasileira (FAB) resgataram, nessa quinta-feira (10), um tripulante filipino ferido a bordo de um navio de carga na costa do Pernambuco. A operação foi executada com um helicóptero H-36 “Caracal”.

A aeronave decolou na base aérea de Parnamirim (RN) às 6h15 (horário de Brasília) e voou até a posição do navio para realizar o resgate. O helicóptero manteve o voo pairado enquanto os homens de resgate SAR (do inglês, Search and Rescue – Busca e Salvamento) desceram até o convés, imobilizaram o tripulante do navio e o içaram, informou a FAB.

O homem de 42 anos resgatado caiu a uma altura de oito metros, no porão de cargas do navio que saiu da Argentina, com destino ao Marrocos. No momento do acidente, a embarcação navegava pela costa brasileira.

Ao final do resgate, o Esquadrão Falcão transportou o paciente até a Base Aérea de Recife (BARN), onde foi transferido, em seguida, de ambulância, para um hospital da capital pernambucana para receber atendimento médico especializado. O estado de saúde do filipino foi considerado estável, diz o comunicado da FAB. Toda a operação teve duração de três horas e meia de voo.

H-36 da FAB sobrevoando o navio MV Kiran Africa (FAB)

A ação foi coordenada pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da FAB responsável pela coordenação de missões aéreas, que acionou o Esquadrão Falcão após contato do Centro de Coordenação de Salvamento Aéreo (SALVAERO) de Recife. O navio MV Kiran Africa, com bandeira de Malta, foi localizado a aproximadamente 30 quilômetros da costa brasileira, próximo ao Porto de Suape, em Recife (PE).

“É motivo de muito orgulho e satisfação poder participar de mais um resgate bem sucedido. O preparo e o profissionalismo de todos os tripulantes foram fatores de destaque, proporcionando uma operação segura e rápida. Essa eficiência fez total diferença para a realização do içamento na modalidade maca”, disse o Comandante da aeronave Capitão Aviador José Wellinghton Félix De Carvalho.

O H-36 Caracal é o maior helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB)
Aeronave multimissão: o H-36 Caracal é o maior helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB)

Primeiro militar a descer até o convés do navio, o Tenente Aviador Johnata Tavares Soares lebrou que o treinamento para missões de resgate são fundamentais para quando ocorrerem situações reais. “Enquanto era içado em meio ao mar imenso com a vítima na maca, me veio à cabeça cada dificuldade que tive que enfrentar para estar ali, desde a minha formação na Escola de Especialistas de Aeronáutica e na Academia da Força Aérea até os desafios no Curso SAR. O sentimento já dentro da aeronave é que cada gota da suor, cada percalço valeu a pena. Já tinha tido essa oportunidade como piloto, mas como H-SAR essa sensação é ainda mais intensa”, relatou.

Com informações da FAB.

Veja mais: Embraer qualifica reabastecimento em voo entre dois KC-390 Millennium

Total
1
Shares
1 comment
  1. Boa tarde, gostaria de obter o contato do Thiago vinholes, ou de algum jornalista que possa me enviar os contatos da empresa suíça à qual construiu um Robô para desinfetar os corredores de aviões comerciais usando luz infravermelha, eu agradeço pela atenção e seu apoio, Josué Santos

Comments are closed.

Previous Post
Embraer E190 - EGO Airways

Nova companhia aérea italiana Ego Airways inicia operações com jato da Embraer

Next Post
A Embraer exibiu o E190-E2 em Farnborough com uma pintura especial (Embraer)

Full fly-by-wire: o sistema que revolucionou os aviões da Embraer

Related Posts