Veículo espacial experimental: o Ingenuity será enviado para Marte apenas para realizar voos de testes (NASA)

O pequeno helicóptero que será enviado para Marte acompanhando o rover “Perseverance” da NASA finalmente tem um nome: Ingenuity (Engenhosidade).

O nome do aparelho foi divulgado pela agência espacial dos EUA no último dia 29 de abril, como parte do concurso “Name the Rover” da NASA. A proposta vencedora foi sugerida por Vaneeza Rupani, estudante da Tuscaloosa County High School em Northport, no estado do Alabama.

“O engenho encapsula os valores que nossa demonstração de tecnologia em helicópteros mostrará para todos quando decolar no próximo ano como a primeira aeronave na superfície de outro planeta”, disse o administrador da NASA, Jim Bridenstine, que ajudou na seleção do nome, em comunicado.

“Foi preciso muito trabalho para preparar o helicóptero e depois colocá-lo no veículo espacial, e muito mais será necessário”, acrescentou Bridenstine.

O lançamento do rover Perseverance, com o Ingenuity preso à barriga, deve acontecer entre julho e agosto. O veículo espacial pousará na Cratera Jezero do planeta vermelho em meados de fevereiro de 2021 e suas principais tarefas envolvem a busca por sinais de vida antiga em Marte e coleta de amostras da superfície que futuramente serão recuperadas e trazidas para à Terra.

Helicóptero experimental

O Ingenuity é um demonstrador de tecnologia da NASA, por isso não carrega instrumentos científicos. Após sua implantação na superfície de Marte, o helicóptero de 1,8 kg e alimentado por energia solar fará uma série de voos curtos durante uma campanha de testes programada para durar 30 dias marcianos (equivalente a 31 dias na Terra). Se for bem sucedido, o pequeno aparelho pode abrir o caminho para uma extensa exploração aérea de Marte por futuras aeronaves com asas rotativas, disseram autoridades da NASA.

O helicóptero foi testado pela NASA em uma câmara de simulação espacial do Laboratório de Propulsão a Jato (JLP) da NASA, no sul da Califórnia. A próxima tentativa de voo com o aparelho será no ambiente real de Marte.

“Nos primeiros dias deste projeto, a viabilidade de voar em Marte foi questionada”, disse Mimi Aung, gerente de projetos na JPL. “Mas hoje temos um helicóptero no local de lançamento, instalado no veículo espacial e esperando para embarcar no foguete que nos levará ao Planeta Vermelho. Agora o engenho terá sua chance de voar em Marte.”

O helicóptero da NASA movido a energia solar pesa menos de 2 kg (NASA)

De acordo com a engenheira da NASA, projetos como o Ingenuity podem aumentar a capacidade de exploração em locais de difícil acesso em Marte, como falésias, crateras profundas e até cavernas. No futuro, as futuras aeronaves enviadas ao planeta vermelho poderão carregar pequenos instrumentos científicos ou atuar como batedores para exploradores humanos e robóticos da superfície marciana ou em outros corpos celestes.

O veículo Perseverance e o helicóptero Ingenuity estão atualmente em fase de montagem e checagens finais no Kennedy Space Center da NASA, na Flórida. Eles serão lançados por um foguete Atlas no complexo da agência espacial em Cabo Canaveral.

Veja mais: Aviões “terráqueos” podem voar em outros planetas?