Inteligência artificial reduz em 90% os custos de “Achados e Perdidos” de aeroportos

Sistema com inteligência artificial criado pela SITA reduz em 90% os custos de gerenciamento de itens perdidos por passageiros em aviões e aeroportos
Problema milionário: cada item esquecido em aviões ou aeroportos geram um custo de até US$ 95 aos operadores (SITA)

Todos os anos, os passageiros esquecem milhões de itens em aviões e aeroportos, custando ao setor aéreo milhões de dólares em custos de recuperação. Para cada telefone, carteira ou bolsas deixadas pelo caminho, as companhias gastam até 95 dólares para gerenciar cada item perdido e entregá-lo de volta ao dono.

A estimativa desses custos é da SITA (Société Internationale de Télécommunications Aéronautiques/Sociedade Internacional de Telecomunicações Aeronáuticas), empresa multinacional que desenvolve tecnologias de informação para a indústria da aviação. Para solucionar esse problema de milhões de dólares, ela criou um “achados e perdidos” controlado por inteligência artificial (IA).

O SITA chama o sistema de WorldTracer Lost and Found Property (Rastreador Global de Propriedade Perdida e Encontrada), uma solução habilitada com IA que, segundo a empresa, reduz o custo de recuperação de itens perdidos em 90% e aumenta em 60% a chance dos objetos serem devolvidos em até 48 horas.

Com a nova ferramenta, os funcionários das companhias aéreas e aeroportos podem registrar os objetos encontrados, criar um relatório com imagens e descrições do item e validar o registro em menos de dois minutos, segundo a empresa de tecnologia. Na outra ponta, o viajante pode registrar uma reclamação do artigo perdido usando um smartphone.

De acordo com a SITA, o gerenciamento por inteligência artificial rapidamente combina os dados do item encontrado e a reclamação do viajante, que pode receber um alerta no telefone. Em seguida, usando um aplicativo, o indivíduo pode pagar e combinar o local de entrega, bem como rastrear o objeto em cada etapa do transporte.

“Nosso processo de dados inteligente aumenta as chances de combinar itens em toda a sua rede e fornecer respostas precisas às consultas dos passageiros. Está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, em qualquer local, permitindo aos passageiros reportar, pagar e organizar o repatriamento a partir de qualquer dispositivo conectado à Internet”, explica a SITA.

O aplicativo gerenciado por IA é um complemento ao serviço de devolução de malas extraviadas da SITA, o WorldTracer, disponível atualmente em 2.200 aeroportos ao redor do mundo.

Total
24
Shares
Previous Post
Boeing 737 MAX 8 - Southwest Airlines

Maior cliente da Boeing, Southwest encomenda mais 255 jatos 737 MAX

Next Post

Aerion revela o AS3, jato comercial capaz de voar a Mach 4

Related Posts