Japão reúne empresas do país para desenvolver avião supersônico de passageiros

Agência espacial japonesa JAXA se junta às fabricante Kawasaki, Subaru, IHI e Mitsubishi para desenvolver aeronave capaz de voar a Mach 1.6
Projeto conceitual de um avião supersônico para até 50 passageiros (JAXA)

Mesmo após a decepção com o caro e problemático programa do jato regional SpaceJet, o governo do Japão não parece disposto a desistir de levar o país a uma presença mais relevante no mercado de aviões de passageiros.

Nesta semana, a JAXA, a agência espacial japonesa, anunciou um acordo com grandes grupos industriais do país para promover a pesquisa e desenvolvimento de uma aeronave supersônica de passageiros.

Assinaram o termo de cooperação as empresas IHI, Subaru, Kawasaki e Mitsubishi, esta última que está à frente do SpaceJet. A meta do grupo é viabilizar um avião de passageiros supersônico para até 50 passageiros e capaz de voar a Mach 1.6.

A JAXA divulgou uma ilustração conceitual da aeronave, com dois motores instalados na cauda em T. O jato, que ainda não recebeu nome, possui 48 metros de comprimento, 24 metros de envergadura, peso de 70 toneladas e poderia voar por quase 6.500 km sem escalas.

O Japão estuda os efeitos do voo supersônico há alguns anos (JAXA)

O projeto já é estudado pela agência há vários anos em busca de soluções para reduzir o ‘boom’ supersônico, um dos principais entraves para o voo acima da velocidade do som.

O mercado de aviões civis supersônicos promete ser promissor, com uma demanda que pode chegar a 2.000 unidades. Distante da América do Norte e da Europa, o Japão pode ser um mercado com grande potencial para esse tipo de aeronave.

Um voo entre Tóquio e Los Angeles, por exemplo, leva atualmente cerca de 12 horas, tempo que pode ser bastante reduzido num jato voando a Mach 1.6. A JAXA trabalha com uma possível entrada em serviço no início de 2030.

Total
1K
Shares
Previous Post

Seis meses após retomar voos com 737 MAX, Gol chega a 10 aviões do modelo

Next Post

USAF lança concorrência KC-Y para novos aviões-tanque

Related Posts