Jato russo MC-21 inicia testes de voo no frio extremo do Ártico

Perto de estrear no mercado, jato russo MC-21 será testado na região do Círculo Polar Ártico
Irkut MC-21
Nascido no frio da Sibéria, o Irkut MC-21 agora será testado na região do Círculo Polar Ártico (Dmitry Terekhov)

Já bastante acostumado ao frio da Rússia, o novo jato comercial MC-21-300 da Irkut será submetido a temperaturas ainda mais extremas nas próximas semanas. A fabricante informou hoje (24) que a aeronave voou para o aeroporto de Arkhangelsk para realizar testes sob condições naturais de gelo na costa do Mar Branco, a poucos quilômetros do Círculo Polar Ártico.

De acordo com a Irkut, a combinação de alta umidade e baixa temperaturas no espaço aéreo do Mar Branco é ideal para observar a formação de gelo nas superfícies da aeronave. A empresa diz que pretende executar cerca de 20 voos para avaliar a eficácia dos sistemas anti-gelo do MC-21 e a capacidade da aeronave em operar com segurança sob condições congelantes.

Os testes com o jato russo no Ártico serão compilados por equipamentos especiais, incluindo 12 câmeras de vídeo distribuídas pelo corpo da aeronave, diz a Irkut. A empresa também informou que os ensaios serão acompanhados por especialistas de centros de certificação da Rússia.

A avaliação em temperaturas congelantes é uma das últimas etapas no processo de desenvolvimento e certificação de um novo avião comercial, que deve demonstrar que pode suportar com segurança operações em regiões com climas severos, seja no frio ou no calor.

O primeiro cliente do MC-21 será a companhia aérea russa Aeroflot (UAC)

Proposto para competir na mesma categoria dos tradicionais Airbus A320 e Boeing 737, o MC-21 completou seu primeiro voo em maio de 2017, em Irkutsk, na região da Sibéria, onde fica a sede da Irkut. O jato russo é projetado para receber até 211 passageiros e tem alcance de 6.000 km.

O cronograma original do fabricante previa o início das entregas do MC-21 em 2019, mas o projeto sofreu uma série de atrasos por questões técnicas e também em função da pandemia da Covid-19, que paralisou os testes com a aeronave em boa parte do ano passado.

Revisado os planos, a Irkut agora espera receber a certificação da aeronave nos próximos meses e iniciar as primeiras entregas aos clientes ainda neste ano. Até o momento, o MC-21 soma em torno de 175 pedidos (firmes e opções de compra), sendo a maioria deles de empresas aéreas da Rússia.

Veja mais: Conheça os novos aviões comerciais que chegarão em breve ao mercado

Total
33
Shares
Previous Post
eVTOL da Embraer

eVTOL da Embraer aparece pela primeira vez em voo

Next Post
Boeing 737 MAX 200

Boeing 737 MAX 200 se aproxima da certificação

Related Posts