Labace: O estranho Piaggio P180 Avanti II

Apesar do design diferente, a aeronave italiana é rápida e até 40% mais eficiente em consumo
Os motores turbo-hélice são fornecidos pela Pratt & Whitney (Foto - Airway)
Os motores turbo-hélice são fornecidos pela Pratt & Whitney (Foto – Airway)
Os motores turbo-hélice são fornecidos pela Pratt & Whitney (Foto - Airway)
Os motores turbo-hélice são fornecidos pela Pratt & Whitney (Foto – Airway)

O avião mais curioso presente na Labace 2015 é o italiano Piaggio P180 Avanti II, que possui a curiosa configuração de motores turbo-hélice virados para trás. Esse sistema é chamado de “hélice impulsora”, enquanto modelos tradicionais utilizam “hélices tratoras”. A aeronave também tem canards, pequenas asas de estabilização que são muito comuns em caças.

Ao contrário do que desavisados podem pensar, como estranho ou antiquado, o modelo da Piaggio é uma aeronave futurista. O Avanti II tem o melhor desempenho entre os modelos turbo-hélice do mesmo porte e por pouco não compete com jatos. A aeronave pode voar a velocidade máxima de 745 km/h e alcance até 12.500 metros de altitude, mesma altura onde operam os aparelhos com motores turbofan. Não só isso, o avião italiano é até 40% mais eficiente em consumo que seus concorrentes diretos, como o Beechcraft King Air 250.

O Avanti II, por conta da altitude e velocidade que alcance, tem cabine pressurizada e o espaço a bordo comporta até nove passageiros. A versão executiva ainda pode ser configurada de forma mais luxuosa, com somente seis assentos e um sofá que vira cama. A fabricante também oferece versões de carga e ambulância aérea.

No Brasil, o Avanti II é oferecido pela Algar Aviation por cerca de US$ 6 milhões e já conta com clientes no Brasil, principalmente empresas de táxi aéreo. Em operação desde 1990, o exótico bimotor italiano soma mais de 200 unidades produzidas e nunca registrou um acidente. Além de clientes executivos e empresas de táxi aéreo, o avião da Piaggio também é utilizado na frota das forças aéreas da Itália, Bulgária, Emirados Árabes e Polônia.

Galeria de Fotos:

Veja mais: Honda estreia na aviação com jato incomum

Total
2
Shares
0 0 votes
Article Rating
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

O EMB 123 foi um projeto da Embraer com a Argentina e tinha essa configuração, mas não foi adiante.

Gilberto
Gilberto
6 anos atrás

Parabéns pelas magnificas reportagens, infelizmente para mim essa tal Labace só o que é por vocês diante do valor dos ingressos para nós pobres mortais. Com esses preços ta parecendo a Formula Um e as Arenas do Corinthians e Palmeiras. Era para ver aviões e eu fiquei a ver navios.
Abraços á todos

Hélio
Hélio
6 anos atrás

Thiago,

A nomenclatura “estranho” não é cabível e sim o termo ” não convencional” , termo comumente utilizado em aviação.
Este turboélice é simplesmente mais rápido e mais econômico do que muito jato executivo convencional de mesma capacidade / Classe, sendo revolucionário quando lançado.

Rosemiro
Rosemiro
6 anos atrás

O preço é esse mesmo ? Pelo que li anteriormente seu preço gira em torno de U$: 6,5 a 7,0 milhões de dólares !

Carlotinha Bimbati
6 anos atrás

Ser POBRE é uma MERDA.

Sergio Bellucci
Sergio Bellucci
6 anos atrás

Parabéns Thiago, só para ajudar, o acionista majoritário dessa empresa é nada mais nada menos que o filho do Comendador Enzo Ferrari. quem compra um desses pode pedir para a fabrica colocar o Cavalino Rampante no bico desta “machina” assim como nos Super Esportivos de Maranello.
Já quanto a velocidade´e desenho, sabe como é: Ferrari é Ferrari tanto no ar quanto em terra.

Abraço, Sergio Bellucci

Itamar Barros
5 anos atrás

Achei o avião muito bonito , suas elices traseira são diferentes , um designer diferente mesmo muito bonito , e pelo fato de nunca ter sofrido um acidente mostra que é uma boa aeronave . Parabéns pela reportagem é muito curiosa …

Previous Post
O bimotor da Viking Air é um dos aviões mais exóticos da Labace 2015. A aeronave pode pousar em pistas improvisadas (Foto - Ricardo Meier)

Lama na Labace: os aviões utilitários da feira

Next Post

Os destaques da Labace 2015

Related Posts
Total
2
Share