LATAM retoma voos para Bogotá e Paris e chega a 418 voos diários em sua malha

Companhia aérea afirma ter recuperado 75% da oferta de assentos em relação a julho de 2019. Meta é volta aos níveis pré-pandemia até o final do ano
Airbus A321 da LATAM (Alexandro Dias/CC)

A LATAM anunciou uma significativa retomada em sua malha de voos domésticos e internacionais em julho. Segundo a companhia aérea, o número de voos diários cresceu 34% em relação a junho, passado de 310 para 418 partidas.

Trata-se de 75% da oferta de voos de julho de 2019, antes dos efeitos da pandemia do Covid-19. A empresa diz que a maior parte do incremento envolve destinos como Brasília, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Fortaleza e São Paulo (Guarulhos e Congonhas).

“Os dados acima refletem a retomada sustentável da operação brasileira da companhia, que está mais otimista com o avanço do processo de vacinação e com os sinais de recuperação da economia”, disse Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

De acordo com o executivo, a meta é “que, até o final deste ano, a LATAM retome 100% da oferta de assentos no doméstico que tinha na pré-pandemia”.

A LATAM também confirmou que voltou a atender 44 destinos domésticos, mesmo número de antes da crise sanitária.

Boeing 777-300ER da LATAM: retomada internacional mais lenta (John Taggart)

Mercado internacional em ritmo mais lento

Se nos voos internos, a LATAM parece capaz de retomar a oferta normal, nas rotas internacionais, a companhia aérea segue um ritmo mais lento de recuperação, por conta das restrições impostas por vários países.

Assim mesmo, a LATAM confirmou a retomada dos voos para Bogotá (Colômbia) e Paris no começo de julho. Somados a outros destinos em operação, são 13 cidades atendidas no exterior: Santiago, Madri, Frankfurt, Lisboa, Assunção, Montevidéu, Cidade do México, Miami, Nova York, Buenos Aires, Cancún, Paris e Bogotá.

A LATAM conseguiu transportar mais de 1 milhão de passageiros em voos domésticos em maio, mês mais recente divulgado pela ANAC, à frente da Gol, mas ainda superada pela Azul. No acumulado dos cinco primeiros meses, a empresa segue na 3ª colocação.

Também entre janeiro e maio, a LATAM transportou apenas 149 mil passageiros em voos internacionais contra 2,42 milhões no mesmo período de 2019. Os dados de junho devem trazer números mais significativos graças ao aumento da oferta.

Total
200
Shares
Previous Post

Airbus termina 1º semestre de 2021 com saldo de 38 pedidos de aviões comerciais

Next Post

Imagens dos destroços do Boeing 737-200C acidentado no Havaí são divulgadas pelos investigadores

Related Posts