Novo jato russo SSJ-New deve realizar voo inaugural em 2023

Aeronave da Irkut teve um segundo protótipo transportado por um An-124 para testes em centro de estudos do país
Segunda fuselagem do SSJ-New (UAC)

A Irkut prepara o primeiro voo do jato regional SSJ-New para 2023 na esperança de iniciar a produção em série da aeronave até o final do ano que vem.

O SSJ-New é uma versão aprimorada do SuperJet 100 (SSJ100), um jato comercial com cerca de 100 assentos equivalente aos E-Jets, da Embraer. Trata-se de um projeto em que os russos almejaram disputar o mercado global de aviação comercial, mas que fracassou por conta da baixa disponibilidade da aeronave, entre outros problemas.

Com o início das sanções econômicas à Rússia desde a invasão da Crimeia, em 2014, a UAC (United Aircraft Corporation), estatal que controla as principais fabricantes aeronáuticas do país, decidiu desenvolver uma variante com componentes locais.

Isso inclui de aviônicos a componentes como trem de pouso e até o motor turbofan PD-8, no lugar do PowerJet SaM146, uma joint venture com a francesa Safran.

Aeronave foi transportada por um An-124 para base próxima a Moscou (UAC)

A guerra na Ucrânia, no entanto, tornou o programa SSJ-New ainda mais necessário. Por isso, a UAC tem se apressado para colocar o jato em produção o quanto antes.

Na semana passada, a segunda aeronave produzida foi embarcada em um cargueiro An-124 em Komsomolsk-on-Amur, no extremo Oriente russo, para Zhukovsky, próximo a Moscou, onde são realizadas diversas avaliações dinâmicas. A estrutura será então repassada para o Instituto TsAgi, onde fará testes para comprovar as diversas mudanças recebidas.

O primeiro protótipo, por sua vez, segue sendo finalizado pela Irkut em suas instalações. Além do SSJ-New, a Rússia está desenvolvendo o MC-21, para até 211 passageiros, e que também foi afetado pelo embargo ocidental.

O SuperJet de primeira geração foi um fracasso de vendas (SCAC)

Total
22
Shares
Previous Post

Quanto pode custar a conversão do A330 em avião de reabastecimento KC-30?

Next Post
O NAe São Paulo podia transportar uma combinação de até 40 aviões e helicópteros (Foto - Marinha do Brasil)

Porta-aviões São Paulo deve deixar o Brasil rumo à Turquia nesta semana

Related Posts
Total
22
Share