Pesquisadores russos estudam conceito de avião cargueiro não tripulado

Conceito analisado pelo Instituto Aerohidrodinâmico Central de Moscou é proposto para transportar até seis toneladas de carga
(TsAGI)
Cadê o cockpit? Sem pilotos, o custo operacional pode ser reduzido (TsAGI)

Pesquisadores russos do Instituto Aerohidrodinâmico Central de Moscou começaram a estudar um novo projeto de avião de carga capaz de operar sem pilotos. A análise do conceito, chamado internamente de “aeronave leve de transporte de alta velocidade, é um pedido do Ministério do Comércio e Indústria da Rússia.

Imagens preliminares mostram uma aeronave com a configuração de asa alta, cauda em T e completa ausência de um cockpit, o que abre espaço para uma fuselagem dianteira articulada para o embarque de cargas volumosas.

Segundo o instituto russo, a aeronave não tripulada é proposta para transportar uma carga útil de até seis toneladas, com alcance de 4.000 km e velocidade de cruzeiro em torno de 850 km/h.

“A aviação civil não tripulada é uma das áreas mais promissoras da indústria aeronáutica, tanto técnica quanto economicamente”, disse Alexander Krutov, pesquisador júnior de aerodinâmica do instituto, ao Flight Global.

Conceito é proposto para transportar até seis toneladas de carga (TsAGI)

Além de oferecer redução de peso e menores custos operacionais com a ausência de tripulantes, a aeronave precisaria de uma pista com apenas 1.300 metros de comprimento para operar. O instituto aponta que um avião com essa capacidade poderia servir “a maioria dos aeroportos da Rússia”.

“Os cálculos iniciais do desempenho do voo foram realizados”, afirmou Krutov. Ele ainda acrescentou que as próximas etapas do projeto serão a análise de eficiência das asas e a otimização do peso estrutural do cargueiro não tripulado. Será que vai dar certo?

Veja mais: Versão de carga do Airbus A321 é certificada para operar nos EUA

 

Total
42
Shares
Previous Post

Embraer tira de linha os jatos executivos Legacy e Lineage

Next Post

Veterano turboélice King Air ganha nova versão 360

Related Posts