Primeiro Airbus A350 de uso governamental entra em serviço na Alemanha

Governo alemão encomendou três jatos A350 para renovar a frota de transporte de autoridades
Airbus A350 - Luftwaffe

O primeiro Airbus A350 de uso governamental entrou em serviço na Alemanha nesta semana após cumprir todas as etapas de testes e certificação. A aeronave foi recebida pelo governo alemão em maio do ano passado e enviado aos cuidados da Lufthansa Technik, que montou a cabine VIP do avião.

Sob os cuidados da Luftwaffe (força aérea da Alemanha), o modelo com matrícula militar 10+03 será empregado no transporte de membros do alto escalão do governo alemão, como a chanceler Angela Merkel. O novo jato substitui o par de Airbus A340 executivos usados no país nessa função e que devem ser desativados nos próximos meses.

A aeronave liberada para o serviço é o primeiro de três A350 encomendados pelo governo alemão em maio de 2019. As aeronaves são derivadas do ACJ350-900, a versão executiva do modelo comercial A350-900. Os outros dois aparelhos (10+01 e 10+02) serão entregues até 2022, de acordo com a Luftwaffe.

“Merkel One”

A nova frota de jatos A350 de transporte presidencial da Alemanha será uma das mais avançadas do mundo e com maior alcance. O bimotor da Airbus em versão VIP pode receber mais tanques de combustível, permitindo voos ultra longos de 22 horas de duração ou percorrer 20.550 km levando 25 passageiros – o A350-900 comercial tem autonomia de 15.000 km com 325 ocupantes.

Airbus A350 - Luftwaffe
O governo alemão ainda vai receber mais dois A350 VIP até 2022 (Lufthansa Technik)

Segundo a Luftwaffe, os novos A350 de transporte oficial têm capacidade para embarcar até 133 passageiros. Se necessário, os aviões também podem ter suas cabines convertidas para transportar tropas ou realizar missões humanitárias.

A frota de transporte oficial da Alemanha conta ainda com mais três jatos Airbus A319 e um A321, além de aeronaves executivas Bombardier Global 5000 (quatro unidades) e Global 6000 (três unidades) e três helicópteros Eurocopter AS532 Cougar.

Nos últimos anos, os A340 presidenciais da Alemanha vêm apresentando uma série de complicações técnicas, forçando Angela Merkel e sua equipe a recorrerem a aviões fretados de companhias aéreas em viagens longas. Com os novos A350, esses problemas serão coisa do passado.

Veja mais: Embraer acelerou a entrega de aviões comerciais no final de 2020

Total
12
Shares
Previous Post

Aéreas dos EUA aumentam segurança após invasão do Capitólio

Next Post
Mitsubishi SpaceJet M90

“Congelado”, jato regional SpaceJet perde mais um cliente

Related Posts