Primeiro Boeing 737 MAX 10 da Gol deve chegar em 2022

Com 216 assentos, maior versão do 737 assumirá rotas de maior demanda da companhia aérea além de reduzir os custos de operação
Boeing 737 MAX 10
Boeing 737 MAX 10: 216 assentos na configuração da Gol (Boeing)

Com nada menos que 135 jatos 737 MAX encomendados à Boeing, a Gol se prepara para renovar sua frota nos próximos dez anos. Hoje a companhia já opera três unidades do novo modelo, que é mais econômico e leva mais passageiros que o 737-800 NG. Mas até o fim de 2018 mais quatro unidades serão adicionadas, sobretudo para serem utilizadas nas rotas para os Estados Unidos, que a companhia retomará a partir do dia 4 de novembro.

Até 2020, a Gol deve receber outros 18 aviões que passarão a substituir gradualmente os 737-800 e 700 hoje utilizados. E em 2022 será a vez do inédito 737 MAX 10 ser introduzido, segundo expectativa da companhia brasileira. Maior versão já desenvolvida do birreator, o MAX 10 foi lançado recentemente pela Boeing e recebeu 30 encomendas da Gol, que direcionou parte do pedido de MAX 8 para o novo avião.

A companhia, inclusive, já projeta sua capacidade: 216 lugares, ou seja, o avião com mais assentos já operado por ela – sem contar os tempos em que teve o espólio da Varig ativo. A empresa ressalta o fato de a frota ter muito em comum, o que reduzirá os custos de operação – segundo ela, o MAX 10 será o avião de corredor único com o menor custo por assento do mercado.

Mas o 737 MAX 10 também será um desafio para suas operadoras. Com um comprimento de 43,8 metros, ele será mais de 4 metros mais longo que o 737 MAX 8 o que se traduziu num problema para a Boeing por conta do seu conjunto de trem de pouso.

Como a solução natural seria estender a altura dos trens, a fabricante perderia na outra ponta ao alterar profundamente seu funcionamento – seria preciso mudar a estrutura do compartimento de alojamento sem falar no padrão de acesso a portas e outros equipamentos.


A solução encontrada pela Boeing foi tornar o trem de pouso do MAX 10 extensivo, ou seja, na decolagem e pouso ele se esticará um pouco mais para não afetar o desempenho nessas condições. Na hora de ser recolhido, o equipamento voltará ao tamanho semelhante ao de outros 737 (veja vídeo acima).

A Boeing já acumula 407 encomendas do novo 737 MAX 10 até outubro de 2018.

Veja também: Boeing entrega primeiro 737 MAX executivo

A promoção "VAIEVOTA" é válida para todos os voos operados pela Gol (Divulgação)
O 737 MAX 8 assumirá as rotas para os EUA em novembro (Divulgação)

Total
0
Shares
2 comments
  1. Parabéns as Empresas Boeing e Gol pela fabricaçao e aquisição da nova geração do 737 ofertando conforto e segurança para nos passageiros.

Comments are closed.

Previous Post
Os primeiros KC-390 serão entregues à FAB a partir de 2019 (FAB)

Embraer KC-390 recebe certificação da ANAC

Next Post
O Bandeirante foi o primeiro avião comercial desenvolvido no Brasil (Embraer)

Primeiro voo do Bandeirante completa 50 anos

Related Posts