ROAM-e, o “pau de selfie” voador

Aparelho pode captar imagens a uma distância de até 25 metros e permanecer voando por 20 minutos
Suas selfies vão ganhar outra dimensão com esse novo equipamento (ilustração - Norte Verdadeiro)
Suas selfies vão ganhar outra dimensão com esse novo equipamento (ilustração – Norte Verdadeiro)
Suas selfies vão ganhar outra dimensão com esse novo equipamento (ilustração - Norte Verdadeiro)
Suas selfies vão ganhar outra dimensão com esse novo equipamento (Ilustração – Norte Verdadeiro)

Para delírio dos amantes da selfies, a empresa australiana IoT Group lançou o primeiro “pau de selfie” voador. Chamado ROAM-e, o equipamento é, na prática, um drone pessoal para fotos, mas a empresa prefere chama-lo de “pau de selfie com esteroides”.

Os criadores tiveram como objetivo eliminar a restrição do tamanho da haste do pau de selfie, o que, segundo a empresa, só poderia ser feito com uma câmera voadora. O produto teve a pré-venda iniciada no final de março.

O aparelho pode ser conectado ao smartphone e segue o usuário a uma distância de até 25 metros. Ele faz fotos, imagens panorâmicas em 360 graus ou transmite vídeos em tempo real por até 20 minutos, tempo que dura a carga da bateria.

Segundo a fabricante, o ROAM-e, com as hélices dobradas, tem o mesmo tamanho de uma garrafa de 600 ml. Por isso, pode ser levado para qualquer lugar, dentro de uma bolsa ou mochila.

A empresa espera adicionar novos recursos, como a capacidade de enviar o equipamento para determinados pontos indicados em um mapa no smartphone, e depois retornar. A câmera do ROAM-e possui um sensor de 5 megapixel e também conta com reconhecimento facial para ajuste de foco.

O “pau-de-selfie-voador-câmera-drone” está à venda por 350 dólares australianos, equivalente a cerca de R$ 960. A empresa espera começar a entregar o produto no mundo a partir de junho: reservas podem ser feitas pelo site do IoT Group.

Veja mais: Wingboard, o esporte radical do futuro

Fonte: Norte Verdadeiro

Total
0
Shares
Previous Post
O Volocopter é impulsionado por 18 motores elétricos (E-volo)

Volocopter completa primeiro voo tripulado

Next Post
TAP é a primeira empresa a contratar a nova cabine Airspace, da Airbus

TAP estreia cabine Airspace, da Airbus, nos novos A330neo

Related Posts