Saiba como funciona a “carona” em aviões da FAB

Viagens gratuítas (e ilimitadas) em aeronaves militares devem ser agendadas com antecedência
C-130 Hercules com o esquema de camuflagem da Força Aérea Brasileira (FAB)
C-130 Hercules com o esquema de camuflagem da Força Aérea Brasileira (FAB)
O transporte de civis pode ser realizado até pelos cargueiros C-130 Hércules (FAB)
O transporte de civis pode ser realizado até pelos cargueiros C-130 Hércules (FAB)

Poucos sabem, mas qualquer um pode embarcar em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e voar para diversas localidades do país. Não só isso, o serviço é gratuito e pode ser solicitado pela pessoa por quantas vezes desejar. No entanto, o esquema é bem diferente dos voos comerciais operados por companhias aéreas e exige do passageiro paciência e uma dose de sorte.

As viagens com a FAB devem ser solicitadas com antecedência por meio de inscrição no Correio Aéreo Nacional (CAN) da localidade onde se deseja embarcar. O interessado deve comparecer pessoalmente a um posto CAN, instalados em bases aéreas da Aeronáutica, para preencher a ficha (veja aqui os locais). O passageiro, porém, não escolhe o dia exato em que vai viajar, mas sim uma janela de 10 dias. Se nesse período surgir uma vaga na aeronave que vai para o destino pretendido, a pessoa é chamada.

Os voos da FAB não são regulares como os de empresas aéreas. Portanto não têm datas, horário e destinos previamente definidos. Além disso, a disponibilidade de vagas nos aviões segue uma hierarquia. A prioridade de embarque, em ordem, é para oficiais da aeronáutica, oficiais da marinha, oficiais do exército, familiares de oficiais e, no fim da fila, você.

Existem trechos com viagens mais frequentes, especialmente entre capitais, mas, segundo a FAB, a região com mais pedidos é a Amazônia, onde cidadãos buscam formas mais rápidas de chegar a cidades localizadas em áreas remotas e de difícil acesso por terra. Já o Rio de Janeiro é o local que tem mais ofertas de voo, pois lá fica baseada a maior parte dos aviões de transporte da aeronáutica, como os cargueiros C-130 Hércules (sim, você pode voar nele!).

Outras aeronaves que prestam esse serviço são o jato C99, o turbo-hélice Bandeirante e o monomotor Cessna C98 Caravan. Porém, não espere por serviço de bordo: o máximo que você pode receber no avião é um copo d’água ou café e muitas dessas aeronaves não têm banheiro.

O jato C99 é uma das principais aeronaves utilizadas pelo CAN (FAB)
O jato C99 é uma das principais aeronaves utilizadas pelo CAN (FAB)

Não há limite de peso para bagagens, mas esse fator pode ser determinante na hora do embarque: se não houver espaço no avião para o passageiro com muita bagagem, viaja quem traz menos volumes.

Como explica a FAB, o transporte de civis acontece em aproveitamento de alguma missão previamente planejada e não aumenta os custos da operação.

O robusto Cessna C98 Caravan é um dos aviões que voam para regiões remotas do Brasil (FAB)
O robusto Cessna C98 Caravan é um dos aviões que voam para regiões remotas do Brasil (FAB)

Transporte de enfermos

Civis também podem solicitar a FAB o transporte aéreo de enfermos. O serviço, conhecido como “Missões de Misericórdia” também deve ser solicitado com antecedência em contato com o SALVAERO-Brasília. Este órgão envia ao solicitante um formulário o qual deve ser preenchido e encaminhado de volta. Dependendo da situação do passageiro doente, a força aérea pode disponibilizar uma aeronave com leito médico e tripulação especializada.

Veja mais: Força Aérea Brasileira completa 75 anos

Total
47
Shares
0 0 votes
Article Rating
64 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Elton Silva
Elton Silva
5 anos atrás

Já peguei carona em um desses voos e garanto. A coisa acontece! Obviamente o C 130 não é tão confortável quanto a TAM. Hahaha. Mas o profissionalismo e preocupação com os cidadãos são mt maiores. Vale ressaltar que não conheço ninguém nas Forças Armadas. Ou seja, não tive “peixada”.

José Dagostim
José Dagostim
5 anos atrás

Para resumir, não tem carona.

Eduardo
Eduardo
5 anos atrás

Antigamente era bem mais fácil, tinha até aquele projeto Rondon. que levava turmas de estudantes para diversas partes do Brasil. Já voei em DC-3, Avro e Cessna Caravan. Porém, uns anos atrás tentei solicitar inclusão na lista e um dos oficiais riu da minha cara, dizendo que civil tinha que pagar passagem, e que atualmente isso era restrito para militares.

José Carlos Federici
José Carlos Federici
5 anos atrás

Há eu gostaria tanto de viajar no avião da aeronáutica para Rondônia. Eu morro em Vila Velha. Fiquei sabendo que podemos voar de graça. Me informe por favor como devo fazer
Certo de sua atenção pelo exposto acima antecipo os meus agradecimentos.
Atenciosamente.
José Carlos Federici

Izael
Izael
5 anos atrás

Agora sei o que fazer com minha sogra, vou fazer inscrição dela para viajar pela CAN para uma área remota do Amazonas, voo só de ida, kkk.

faustino
faustino
5 anos atrás

éssa materia é verdadeira mesmo, ja consegui 02 vezes embarquei de ribeirão preto para brasilia, e a outra de ribeirão preto para manaus, mais solicitei com 09 meses de antecedencia. tripulação muito bem receptiva

cleuza ferreira da silva
cleuza ferreira da silva
5 anos atrás

Boa tarde,

Gostaria de informações, sobre viajar nesse avião.

tem algum site ?
como posso agendar ?
quais as capitais??
obrigada

Luciano dos Santos Nunes
Luciano dos Santos Nunes
5 anos atrás

É uma boa voar na FAB com pilotos de primeira linha. Infelizmente as Forças Armadas estão tão sucateadas que para uma aeronove da FAB decolar só na hora da morte.

Andre
Andre
5 anos atrás

Na infância cansei de viajar em Bandeirantes de graça. Em períodos de férias escolares minha mãe nos inscrevia no CAN e nos “despachava” para a casa da minha avó.

Apesar da falta de certeza sobre as datas dos vôos de ida (e completa incerteza se conseguiríamos vagas para voltar), da falta de conforto das aeronaves e da burocracia para embarcar criança desacompanhada (depende do oficial no comando), eram viagens memoráveis.

Se não em engano, Tom Cavalcante emigrou de Fortaleza para o Rio de Janeiro em uma carona dessas. Apareceu um voo, ele largou o emprego de locutor de rádio e mudou para o RJ. Até hoje agradece o CAN e à FAB.

CLAUDIONOR C CARVALHO
5 anos atrás

obrigado, pela dica.

Miranda colchões
5 anos atrás

que interessante gostei de saber..

guto
guto
5 anos atrás

Se pagando, esse serviço no Brasil já é uma porcaria, imagina de graça?

AndreyDKS
AndreyDKS
5 anos atrás

Sonho da pora

henrique
henrique
5 anos atrás

Meu deus, não espalha! Sabe como é brasileiro…

Marcones
Marcones
5 anos atrás

Caro Thiago, boa tarde. Gosto muito das suas reportagens sobre a aviação, adoro aviões e as suas reportagens enriquece muito o meu conhecimento. Tenho uma dúvida. Sou de Goiânia e temos uma praça, no Setor Aeroporto, chamada Praça do Avião, que tinha no passado um Caça a Jato antigo, que muitos diziam ser um F-8, mas pelas imagens que vi da sua reportagem sobre os caças da FAB parece mais o Gloster Meteor. Você sabe me dizer se era um F-8 ou um Gloster Meteor? Esse jato foi retirado da praça e enviado ao Museu Aeroespacial, se não me engano, e agora tem uma réplica do 14 BIS. Você sabe desse fato? Parabéns pelas ótimas reportagens.

jose garcia
jose garcia
5 anos atrás

nao poeriam levar d. dilma e osapo barbudo para um lugar sem volta e eternamente e de contra peso todos os safados petistas ?

Ana
Ana
5 anos atrás

Já tinha conhecimento disso, só não faço ideia da quantidade de voos. Será que os voos demoram muito tempo para acontecerem? Por exemplo, um voo de MS para SC acontece uma vez por mês ou a cada 3 meses, ou nem isso..

Santiago Rocha
Santiago Rocha
5 anos atrás

Seria interessante mostrar alguém que tenha conseguido viajar pela FAB. nunca vi. e olha que sou tripulante

gledston
5 anos atrás

se tratando do PT tudo vira piada {piada sem graça}

Alfarrábio Nogueira
5 anos atrás

Há prioridade para sogras? Quero mandar a minha pro Acre!

Marcelo Godinho
Marcelo Godinho
5 anos atrás

Já consegui reserva em um bandeirante e viajei de Porto Velho à Manaus. Foram tantas rateadas no motor que achei que ia visitar minha vó mais cedo. Os pilotos excelentes, mas a condição de conservação da aeronave deixa a desejar, e a D.Morte sempre está na cadeira vazia do lado. Hoje prefiro juntar o dinheiro e viajar comercialmente.

Marluci
Marluci
5 anos atrás

Minha primeira viagem de avião foi em uma aeronave da Fab! Há 40 anos… rs

Paulo
5 anos atrás

Nada é de graça. NADA mesmo! Não rxiste almoço grátis, especialmente no Brasil dos políticos malandros e caras de pau, q usam e abusam dos jatos e honrados pilotos da nossa GLORIOSA FAB em suas viagens pra cima e pra baixo, quando não carregando parenntes, amigos, amigos dos amigos, parentes dos amigos e aspones em geral.

Zilá
Zilá
5 anos atrás

De graça eu nem queria ir tão longe, e nem precisava ser pela FAB. Um voo panorâmico sobre São Paulo já está de bom tamanho

Caraman
Caraman
5 anos atrás

henrique nao tem jeito, no momento que disse “nao espalha” espalhou!

Maria
Maria
5 anos atrás

Adorei a informação. Não sabia dessa possibilidade espero não ouvir de nenhum oficial essa resposta absurda que deu para o Eduardo, pois os militares não são donos da Força Aérea Brasileira. Não estamos mais em um país de DITADURA. Esse Oficial se esqueceu de que o salário dele é pago pelos impostos que nós civis pagamos….

Maria
Maria
5 anos atrás

Nossa que sonho pra uma senhora de 51 anos… seria o máximooo!

regis
5 anos atrás

já fiz algumas missões com a fab quando estava no EB e poço dizer com toda maxima certeza que vc sendo um civil sem parentes na FAB, nunca tera uma vaga, a prioridade são as familias dos militares eu agendei uma viagem na BAST EM GUARUJÁ PARA A BARF em pernambuco , to ate agora esperando já faz 5 anos,agora se seu pai ou til ou seu amigo for um tenente-brigadeiro do ar ai meu amigo eles te busca em casa

Bruno Hoffmann Ferreira
Bruno Hoffmann Ferreira
5 anos atrás

Vejo varios comentarios falando que é de graça, discordo, o serviço não é de graça, pois trabalhamos mais de 7 meses no ano para pagar impostos a união, e uma vez pagos os impostos, digo que não é de graça, muito pelo ao contrario pagamos muito caro. E como qualquer veiculo ou item que o governo compra, vem do nosso bolso, sendo assim temos o direito tanto de pegar carona num voo, como embarcar num navio da marinha, e por assim adiante. Afinal a Forças Armadas é formada pelos Cidadãos Brasileiros que tem seus direitos segundo a Constituição da Republica Federativa do Brasil.

Fernando S. FILHO
Fernando S. FILHO
5 anos atrás

Deve ser muito bom voar num HÉRCULES DA FAB. Vale lembrar que é uma aeronave fabricado pela LOCKHEAD, a mesma que fabricou aqueles quadrimotores TURBO-HÉLICES, na década de 50 e fizeram a Ponte-Aérea Rio-São Paulo vários e vários anos e nunca se ouviu falar num acidente envolvendo esses seguros equipamentos. DÃO AINDA DE DEZ A ZERO (COM TODO RESPEITO) A QUALQUER IRBUS QUE SE ENCONTRA VOANDO.

Nelci SIlva
Nelci SIlva
5 anos atrás

Graças aos governos LULA e Dilma, hoje eu possuo meios financeiros para viajar de aviào da Gol, da Azul, para qualquer parte do mundo, a poucos dias fui a Fortaleza, pagando as passagens no meu cartào de credito.

damasceno
damasceno
5 anos atrás

eu ja viagem com meus pais do rio de janeiro para brasilia. é verdade mesmo. não pagamos nada.

JOSSIMAR
JOSSIMAR
5 anos atrás

Antigamente na minha cidade que fica no interior da Bahia já vi muitas pessoas solicitar carona nas aeronaves da FAB ( pessoas necessitadas que precisavam urgentemente de tratamentos médicos em lugares melhores ) Não vejo o por quê de brasileiros se submeter a isso sem uma real necessidade !

Antonio Miacci
Antonio Miacci
5 anos atrás

Dos comentários lidos, deu-me a entender que agiram como os porcos; comem viram coxo e vão embora. Caro Santiago, estou contigo e não abro. Foi curta a sua mensagem e é a verdade dos “agradecimentos” dos estavam necessitados. Fui, somos e serei FAB. Abraços parceiro.

Edyy
5 anos atrás

Viagens pelo CAN (Correio Aéreo Nacional) estão cada vez mais escassas, devido aos constantes cortes no orçamento da FAB. Conseguir uma viagem pela FAB não é fácil já que não há uma regularidade nos vôos. O ideal é tentar conseguir um dos trechos (o de ida ou o de volta) o que já é uma boa economia. A dica, que o site não deu, é tentar entrar em contato com o Esquadrão de Vôo ao qual a aeronave é “subordinada”, já que apesar desses aviões saírem via CAN, na maioria das vezes nem o CAN sabe o horário/dia de saída. Quem tiver curiosidade é só colocar no GOOGLE o nome da Base Aérea e quais os Esquadrões subordinados. Ex: “Base Aérea de Recife esquadrões”. Logicamente é necessário atentar para nomenclatura, os Esquadrões de Võo tem, por exemplo, a seguinte designação: 2º ETA (2º Esquadrão de Transporte Aéreo) ou 2º/8º Gav (2º Esquadrão do 8º Grupo de Aviação) fazendo também uma pesquisa pelo Google, é fácil descobrir qual é o tipo de aeronave que o esquadrão opera, no caso de Esquadrões de Aviões de Caça e/ou helicópteros não tem como viajar “free”, mas em Esquadrões que operam, por exemplo. o Bandeirante (C-95), o Brasília (C-97) ou o Hércules (C-130), que são aeronaves de transporte de carga/passageiros, é possível, saber horários e dias de saída. Lembrando: os horários e dias de saídas estão sujeitos a mudanças e/ou cancelamentos sem prévio aviso. De qualquer forma fica a dica: antes de se dirigir ao Posto CAN (PCAN) para fazer a inscrição procurar saber com o Esquadrão da Aeronave o dia, horário e se nesse vôo será disponibilizada vaga, daí quando for ao PCAN vc já vai munido da informação sobre a aeronave. Lembrando que todas essas informações estão disponíveis no “São GOOGLE” (kkkkk)

JOSSIMAR
JOSSIMAR
5 anos atrás

Brasileiro é comédia. Fernando S. Filho comentou que voar num Hercules ( avião militar ) é mais confortável e seguro que num Airbus ( avião comercial ) e ainda escreveu IRBUS. Rsrsrs

astmo
5 anos atrás

Profissionais no assunto são os políticos. Esta reportagem deveria ter entrevistado um deles seria mais interessante.

Smith
Smith
5 anos atrás

Eu já viajei duas vezes de Hercules quando era militar para nunca mais… 3 conselhos:

1. Pegue uma promoção e vá de TAM, Gol, Azul, Avianca… >> voar em avião de carga é desconfortável pra C***, não tem banheiro, a pressurização é péssima (estoura seus ouvidos sem dó!) o nível de ruído é como se você estivesse dentro do motor.. e um vôo que normalmente leva 2 horas você faz em quatro (aviões de carga não são a jato)

2. Caso você insista em viajar, não entre num avião desses sem abafador de som;

3. Nem pense em levar crianças, exceto se a carona for num jato (raríssimo).

Cleber Tobias
Cleber Tobias
5 anos atrás

Com tantos políticos utilizando os aviões da FAB, será dificil achar vaga!

Diana Sales
5 anos atrás

Nossa! Isso é bacana e ainda tem gente que faz piada e comentários desnecessários. Há muitos anos atrás duas tias minhas viajaram, elas adoraram. Eu já sabia que a Fab faz isso.
Vou me inscrever qualquer dia desses ainda mais agora com as passagens tão caras serei muita grata se conseguir uma vaga e sei que será uma Viagem Abençoada mesmo.Porque eu adoro viajar de avião, pode ser até um teco teco, chegando é o que importa.

Silvia Almeida
Silvia Almeida
5 anos atrás

Eu já viagem no avião da FAB de recife para São Paulo. Não conheço ninguém da aeronáutica, fui direto ao aeroporto no balcão do CAN e consegui. Viagem excelente.

joão mendes
joão mendes
5 anos atrás

Os políticos tem muita paciência e muita sorte então.

ana
ana
5 anos atrás

Temos muitos direitos desconhecidos, esse era um deles, pelo menos para mim. De graça, não é, como alguém bem lembrou, trabalhamos extensos sete meses para pagar impostos. Talvez não seja simples conseguir, mas certamente valerá a aventura. Triste é ouvir alguém comentar que graças à Dilma pode agora pagar uma passagem de avião. Falta memória no nosso povo, quem estabeleceu uma situação econômica estável foi o Fernando Henrique, o PT só fez destruir essa conquista do povo brasileiro.

joão paulo
joão paulo
5 anos atrás

Bom saber, este mês a FAB não teve avião para transportar o coração para um garoto da minha cidade, o garoto precisa transplante, a FAB notificou que não tinha aeronave disponível, o garoto faleceu. Mas se fosse filho de uma pessoa de influência, levaria ate para o exterior.

paulo dos santos cruz
paulo dos santos cruz
5 anos atrás

Não há mazelas,, o profissionalismo e a seriedade estão nesse programa do CAN, já viajei com minha esposa de São PauloXRio de Janeiro, foi ótimo e agradeço a Força Aéria Brasileira, por me proporcionar o voo totalmente gratuíto. Valeu F A B, valeu CAN.

Edsel Rondon
Edsel Rondon
5 anos atrás

Fico feliz com estes comentários sobre a nossa Força Aérea, e é isto mesmo, os voos estão disponíveis à população desde que tenha vagas suficientes.Vale lembrar a todos que são aeronaves militares, sem conforto e envolvidas em missões especificamente militares e respeitando a hierarquia como a reportagem citou.

Deise
Deise
5 anos atrás

Dias atrás li que uma criança deixou de receber um transplante de coração porque não tinha avião da FAB disponível para transportar. Apesar dos relatos, duvido muito que essas caronas ocorram totalmente de forma lícita, sem que você seja amigo, amigo do amigo, parente dos boçais militares ou ocupe um cargo político.

Tetsuo Shimura
Tetsuo Shimura
5 anos atrás

Thiago Vinholes você coloca uma matéria tornando público que a FAB concede “caronas” nas condições deles e surgem porradas de pseudos brasileiros para denigrirem sua matéria e a FAB. Que lástima! Meu irmão se transferiu para Rondônia à época em que fora elevada a categoria de Estado e quando retornou a família toda voltou graças a FAB. Recomendaria aos brasileiros que respeitassem as instituições militares, pois, se ainda há instituições que prestem neste Brasil são os militares. Opinião de cidadão não militar e dispensado até do serviço militar.

edson luis
5 anos atrás

Não preciso mendigar carona em aviões da FAB. Graças ao Lula e Dilma hoje posso pagar passagens em companhias áreas por todo o Brasil e voar com meu próprio dinheiro.

Previous Post
Sukhoi SU-27

Ficha técnica: Sukhoi SU-27 ‘Flanker’

Next Post
O KC-46A foi desenvolvido a partir do modelo comercial Boeing 767 (USAF)

Novo avião-tanque da Boeing completa primeiro teste

Related Posts