A Voom opera a partir de 8 helipontos em São Paulo (Divulgação)

A Voom opera a partir de 8 helipontos em São Paulo (Divulgação)

A Voom, serviço de transporte de helicóptero sob demanda que opera em São Paulo, agora faz parte da Airbus Helicopters. Segundo comunicado da companhia, a mudança no comando da prestadora de serviço “faz parte da estratégia da empresa para fornecer novas soluções de mobilidade urbana”.

A Voom estreou em São Paulo em abril de 2017, inicialmente como um projeto da A³ (pronuncia-se A-Cubed), divisão do grupo Airbus que estuda novas tecnologias e oportunidades de negócio no Vale do Silício, nos Estados Unidos.



Desde o lançamento das operações, a Voom afirma que tem experimentado um crescimento de mais de 200% por mês em número de viagens, além de um crescimento mensal acima de 220% em usuários adquiridos. A empresa opera em parceria com empresas de táxi-aéreo e está presente em 8 helipontos e quinze rotas em São Paulo. Também são oferecidos voos panorâmicos e o serviço conta com integração com aplicativo Cabify.

“Estamos entusiasmados em iniciar a parceria com a Airbus Helicopters para construir o futuro da mobilidade aérea urbana, à medida que ampliamos a escala da Voom. Agradecemos todo o apoio que recebemos da A³ nos últimos 18 meses para tirar o projeto do papel”, disse Uma Subramanian, CEO da Voom.

“O transporte urbano terrestre e subterrâneo está atingindo seus limites e, naturalmente, a Airbus está buscando os céus para redefinir um terceiro eixo para soluções de transporte público”, disse Matthieu Louvot, vice-presidente executivo de serviços aos clientes e suporte da Airbus Helicópters.

Em comunicado, a Voom diz que está trabalhando para expandir suas operações em São Paulo e que também pretende estrear em novos mercados neste ano, começando pela Cidade do México, no México.

Veja mais: Primeiro helicóptero Airbus H145 chega ao Brasil