O ADB-3 é pode transportar uma carga útil de até uma tonelada e alcançar 85 km/h (Divulgação)

O ADB-3 é projetado para transportar uma carga útil de até uma tonelada (Divulgação)

Primeiro dirigível construído no Brasil, o modelo ADB-3-X01, fabricado pela Airship do Brasil, ficou destruído após ser arrastado de seu ponto de ancoragem na base aérea de Campos dos Afonsos, no Rio de Janeiro (RJ), como consequência da forte tempestade que atingiu a região. O incidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira (15). Não há registro de feridos.

O Airway tentou contato com a Airship do Brasil, mas não obteve resposta até o momento. Ainda não há informações sobre os danos no dirigível, mas imagens postadas nas redes sociais mostram o veículo bastante danificado, com graves danos na gôndola (o posto de comando do dirigível) e o envelope (a parte inflável do dirigível) totalmente esvaziado.

O dirigível foi arrastado do Campo dos Afonsos até parar nos trilhos da Supervia, na altura da Vila Militar, na zona oeste do Rio de Janeiro, provocando a interdição do trecho ferroviário no ramal de Santa Cruz.

O dirigível da Airship havia concluído recentemente uma viagem de demonstração, iniciada no dia 5 de fevereiro a partir da fábrica da empresa, em São Carlos (SP). Sua partida de Campos dos Afonsos estava programada justamente para essa quarta-feira (14).

Primeiro dirigível brasileiro

O ADB-3-X01, desenvolvido pela Airship do Brasil, é o primeiro dirigível construído no Brasil e na América Latina. O voo inaugural do aparelho foi realizado no dia 24 de julho de 2017, em São Carlos (SP). A meta da empresa era iniciar a comercialização da aeronave, avaliada em US$ 20 milhões, a partir deste ano.

Segundo o fabricante no inteior de São Paulo, o ADB-3 é projetado para ser aplicado em diversas funções, como treinamento de pilotos de dirigíveis, transporte de passageiros e pequenas cargas, voos de reconhecimento, propagandas, entre outros. O aparelho também pode ser equipado com variados equipamentos, como câmeras de vídeo, radares e holofotes.

A aeronave mede 49 metros de comprimento por 17 m de altura, com capacidade de carga em torno de uma tonelada, e espaço para um piloto e até 5 outros ocupantes. Ainda de acordo com a Airship, o motor rende 300 HP e o dirigível pode alcançar a velocidade máxima de 85 km/h.

Veja mais: Airbus testa novo A321LR na rota Paris – Nova York