Airbus entrega 611 aviões comerciais em 2021, ainda distante do nível pré-pandemia

Jatos A220-300 e A321neo atingiram seus níveis mais altos de entregas em 2021; widebodies decepcionaram
Um dos três A321neo entregues pela Avolon à Azul em 2021 (Azul)

A Airbus entregou 611 aeronaves comerciais em 2021, acima da meta de 600 unidades estabelecida no ano passado. Os aviões de corredor único foram responsáveis pela alta em relação a 2020, quando 566 aviões foram enviados aos seus clientes.

No entanto, se comparado a 2019, último ano antes da pandemia do Covid-19, os números são bem inferiores: naquele ano a Airbus entregou 863 jatos comerciais, 250 a mais do que em 2021.

No ano passado, a fabricante entregou 533 jatos ‘narrowbody’, 90,6% da família A320 (483 aviões). Já o volume de widebodies voltou a cair, de 82 para 78 aeronaves.

Dois modelos se destacaram no ano passado, o A321neo, com 199 entregas, e o A220-300, com 47 aviões entregues. A variante de maior capacidade do jato criado pela Bombardier teve uma alta de 67% em relação a 2020 enquanto o maior dos aviões da família A320 cresceu 12%, superando até mesmo 2019 (168 aviões).

A evolução de entregas por jato comercial da Airbus

O resultado não surpreende já que a Airbus tem investido no programa A220 enquanto o A321neo tem tido uma demanda bastante alta. Dos 199 aviões do modelo, três foram entregues para a Azul Linhas Aéreas, além de um A320neo.

Principal avião comercial da Airbus, o A320neo teve uma discreta alta nas entregas, de apenas cinco unidades, situação semelhante ao A350-900, jato de longa distância mais bem sucedido da empresa europeia – a aeronave teve 49 entregas, quatro a mais do que em 2020.

O A330-900, por sua vez, embora tenha subido três aeronaves comparado ao ano retrasado, ainda está bem abaixo do marco de 41 aeronaves entregues em 2019. A Airbus entregou ainda 16 outros widebodies, sendo quatro A330 da primeira geração (parte deles para uso militar), seis A350-1000, um A330-800 e os cinco últimos A380, que teve a produção encerrada em dezembro.

Modelo202120202019Var.
A220-10031025-70,0%
A220-30047282367,9%
A319ceo234-33,3%
A320ceo0349-100,0%
A321ceo22938144,4%
A319neo202 
A320neo2582533812,0%
A321neo19917816811,8%
A330-200357-40,0%
A330-3001150,0%
A330-800130-66,7%
A330-90013104130,0%
A350-9004945878,9%
A350-100061425-57,1%
A38054825,0%
 6115668638,0%
     
Famílias202120202019Var.
A22050384831,6%
A3204834466428,3%
A330181953-5,3%
A3505559112-6,8%
A38054825,0%
     
Narrowbodies53348469010,1%
Widebodies7882173-4,9%

Total
7
Shares
Previous Post
Boeing 737-800 - Gol Linhas Aéreas

Gol volta a realizar voo entre Belém e Paramaribo, no Suriname

Next Post

Maior drone brasileiro, Atobá fará aparição pública pela primeira vez

Related Posts