Antigo Super Guppy da Airbus está à venda em pequenos pedaços

Partes do cargueiro Super Guppy aposentado em 1996 foram transformados em chaveiro
Super Guppy
Super Guppy F-BTGV ainda exposto no no museu Bruntingthorpe, que fechou em 2020 (Oldprops)

Um antigo cargueiro Super Guppy que pertenceu à Airbus agora pode parar no seu bolso. Famosa entre colecionadores de artigos de aviação, a Aviationtag está transformando partes da aeronave em pequenas etiquetas metálicas que podem ser usadas como chaveiros. O exótico avião é baseado no Boeing 377 Stratocruiser.

Sediada em Colônia, a Aviationtag cria lembranças com restos de fuselagens de aeronaves aposentadas. Vez ou outra, eles conseguem ter acesso a partes de aviões particularmente interessantes ou históricos. Em 2020, por exemplo, a empresa vendeu peças do Airbus A380 retirado de serviço.

No entanto, a criação mais recente da Aviationtag pode ser uma das mais exclusivas. O modelo F-BTGV transformado em etiquetas é o primeiro dos cinco Super Guppy construídos pela Boeing. A empresa ainda não informou a tiragem na nova edição.

Etiqueta Aviationtag do Super Guppy
“Pedacinho” do Super Guppy histórico está em pré-venda por cerca de R$ 160 (Aviationtag)

Enquanto esteve com o grupo europeu, a aeronave transportou peças do Concorde e dos primeiros jatos da Airbus, como o A300 e o A310. Havia até uma ditado de que “todo avião da Airbus nasceu em um Boeing”, já que o Super Guppy era derivado de um avião da concorrente americana.

O F-BTGV voou pela última vez em 1º de julho de 1996, quando foi substituído pela primeira geração do Beluga. De 2006 a 2020, a aeronave ficou exposta no museu Bruntingthorpe, na Inglaterra, que fechou suas portas em março do ano passado. Sem uma nova casa, o avião histórico acabou enviado ao desmanche.

As etiquetas do Super Guppy estão em pré-venda no site da Aviationtag por € 29,95 (R$ 161), com envios a partir de abril.

Veja mais: Conheça os novos aviões comerciais que estrearam nos próximos anos

Total
29
Shares
Previous Post
Pipistrel Miniliner concept

Emissão zero: Pipistrel revela conceito de avião movido a hidrogênio

Next Post
Difíceis de construir e sem função no plano atual, muitos projetos acabaram abandonados

Aviões diferentes que não vingaram

Related Posts
Total
29
Share