Emissão zero: Pipistrel revela conceito de avião movido a hidrogênio

Conceito “Miniliner” é proposto com motorização híbrida com células de hidrogênio e baterias
Pipistrel Miniliner concept
Concepção artística do conceito Miniliner da fabricante eslovena Pipistrel (Pipistrel Aicraft)

Uma das fabricantes pioneiras em projetos de aviões elétricos, a Pipistrel Aircraft da Eslovênia divulgou os primeiros detalhes do conceito Miniliner, uma aeronave comercial com 19 assentos e motorização híbrida com células de hidrogênio e baterias.

“O Miniliner é um novo tipo de avião de emissão zero na classe de 20 assentos, capaz de operar silenciosamente em pistas com menos de 1 km, incluindo pistas de grama em pequenos aeródromos”, diz o comunicado da Pipistrel, acrescentando que p aparelho será adequada para voos de até 1.000 km ligando pequenos aeroportos a grandes centros.

A Pipistrel programa o primeiro voo do Miniliner para meados de 2028 e espera concluir o projeto e certificá-lo até 2030. O desenvolvimento da aeronave é acompanhado pela agência de aviação civil da União Europeia (EASA) e tem o apoio de dois programas de pesquisa de tecnologias financiados pela UE, MAHEPA e Unifier.

“As aeronaves atuais neste segmento contam com designs de 40 anos, movidos por motores turboélice que queimam combustível, barulhentos e exigem manutenção intensiva. Os Miniliners da Pipistrel permitem uma redução do custo operacional direto de 30 a 40% em uma métrica por assento em relação às soluções de hoje”, prevê a fabricante eslovena.

De acordo com a Pipistrel, o Miniliner contará com “tecnologias avançadas de automação de controle de voo” para facilitar as operações com apenas um piloto.

O sistema de propulsão do conceito terá cerca de 2 MW de potência. O modelo de motorização proposto pela fabricante usa as chamadas “células de combustível”, que geram eletricidade por meio de reações químicas com hidrogênio. A Pipistrel classifica o avião como um híbrido, pois ele também será equipado com baterias auxiliares.

A análise da Pipistrel sugere que existe uma demanda no mercado para cerca de 1.500 aeronaves com o porte e performance do Miniliner.

Da Eslovênia para os livros de história

Fundada em 1989, a Pipistrel Aicraft é especializada na produção de planadores e pequenos aviões monomotores, incluindo modelos experimentais. Buscando novos negócios, a empresa eslovena investiu em projetos de aeronaves elétricas e hoje conta uma variada gama de produtos nessa categoria.

Pipistrel Velis Electro
Avião elétrico Velis Electro da Pipistrel (Pipistrel Aircraft)

A Pipistrel oferece planadores com motores elétricos auxiliares e aviões experimentais com motorização elétrica. No ano passado, a empresa recebeu o primeiro certificado de tipo do mundo (concedido pela EASA) para uma aeronave elétrica, o modelo de dois lugares Velis Electro.

A empresa também tem estudos de veículos eVTOLs e drones para transporte de cargas.

Veja mais: Conheça os jatos de combate que já voaram com a FAB

Total
55
Shares
Previous Post
A Lufthansa encomendou mais 20 jatos A350-900 (Lufthansa)

Chefão da Lufthansa fala em mudar pedidos de aviões e admite conversa com Embraer

Next Post
Super Guppy

Antigo Super Guppy da Airbus está à venda em pequenos pedaços

Related Posts
Total
55
Share