ATR entregou apenas 10 aeronaves em 2020

Queda de 85% nas entregas da ATR é reflexo da baixa demanda no setor aéreo durante a pandemia
ATR 72-600 da Azul (Foto - Azul)
A Azul é o principal cliente da ATR na América Latina (Azul)

De todas as grandes marcas globais da aviação comercial, a ATR foi a que menos entregou aeronaves em 2020. Ao todo, a fabricante italo-francesa enviou apenas 10 novos aviões turboélices aos seus clientes no ano passado, com nove deles entregues no último trimestre.

O número foi divulgado nesta terça-feira (9) no informe anual da Leonardo, grupo italiano que controla 50% da ATR ao lado da Airbus, que detém a outra metade.

O resultado de entregas da ATR no ano passado ficou 85% abaixo do desempenho de 2019, quando a empresa entregou 68 aeronaves. No comunicado, a Leonardo afirma que o tombo nas entregas reflete a diminuição na demanda por transporte aéreo em função pandemia da Covid-19.

No informe, a Leonardo não especifica quais modelos de aviões foram entregues pela ATR no ano passado. Os produtos da empresa são os turboélices comerciais ATR 42-600 e ATR 72-600, para 40 e 70 passageiros, respectivamente.

O grupo italiano também alertou que não espera por uma melhora signifitivativa no desempenho da ATR neste ano, prevendo ainda mais um período de entregas “muito abaixo” dos níveis anteriores à crise da Covid-19.

Principal concorrente da ATR no mercado de turboélices de passageiros, a De Havilland Canada ainda não divulgou os resultados de entregas do Dash 8 (ex-Bombardier QSeries) no ano passado.

Total
23
Shares
Previous Post

Super Tucano da Nigéria aparece com pintura completa

Next Post
Desaer ATL-100

Desaer anuncia fábrica em Araxá (MG)

Related Posts