Aviões da Embraer em combate

Aeronaves produzidas pela Embraer já participaram de guerras e conflitos isolados com diversos países e até nas mãos de rebeldes
O Super Tucano pode ser equipado com uma combinação letal de mísseis e canhões (Embraer)
O Super Tucano pode ser equipado com uma combinação letal de mísseis e canhões (Embraer)

Tucanos africanos

Diversos países na África contam com o Embraer Tucano em suas forças aéreas e pelo menos dois países no continente já os utilizaram em combates: Mauritânia e Angola.

A força aérea de Angola opera os modelos Tucano e Super Tucano (Embraer)
A força aérea de Angola opera os modelos Tucano e Super Tucano (Embraer)

Em 2012, Tucanos a serviço da força aérea da Mauritânia bombardearam com sucesso uma base do Estado Islâmico em Mali. Já os modelos angolanos participaram de diversas operações contra insurgentes na década de 1990 durante a longa guerra civil que assolou o país, que começou em 1975 e terminou definitivamente somente em 2002.

Total
122
Shares
0 0 votes
Article Rating
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio
Fábio
6 anos atrás

Muito legal, uma sugestão para um artigo ja que estamos falando de conflitos latino americanos, é falar da famosa guerra do Futebol entre El Salvador e Honduras.

Luiz Osório
Luiz Osório
5 anos atrás

Muito interessante! Gostaria de sugerir um artigo comparando o desempenho do Tucano contra os melhores caças da 2 Guerra Mundial.

Chico
Chico
5 anos atrás

O Brasil poderia usar de exemplo e combater o trafico nas fronteiras e o desmatamento na Amazonia

Quintino
Quintino
5 anos atrás

A Embraer iniciou suas operações em 1969, portanto não poderia estar produzindo o Xavant em 1960, ela não existia.

Previous Post

Phenom 300 é o jato leve mais vendido do mundo pelo nono ano consecutivo

Next Post
Learjet 75 Liberty

Bombardier admite vazamento de dados após sofrer ataque hacker

Related Posts