Azul libera celular em “modo avião” durante todo o voo

Empresa foi a última das quatro grandes companhias nacionais a permitir o uso de dispositivos eletrônicos em todas as fases da viagem
A Azul Cargo Express aproveita a capacidade do porões no aviões da Azul em voos com passageiros (Azul)
A Azul Cargo Express aproveita a capacidade do porões no aviões da Azul em voos com passageiros (Azul)
As casas lotéricas podem receber pagamentos à vista de até R$ 2.000 (Azul)
A Azul liberou o uso de dispositivos em modo avião nos jatos Embraer E190 e E195 (Azul)

A companhia aérea Azul liberou nesta sexta-feira (13) o uso de dispositivos eletrônicos portáteis de mão em “modo avião” para todas as fases de voo. A novidade envolve, inicialmente, todos os jatos Embraer E190 e E195, durante táxi, decolagem, cruzeiro, pouso e táxi para desembarque. Entre os aparelhos permitidos estão smartphones, tablets, e-readers, notebooks e laptops.

“Fizemos diversos estudos para poder proporcionar esta novidade aos clientes, sempre mantendo os nossos rigorosos padrões de segurança, primeiro valor da empresa”, destaca Flavio Costa, vice-presidente Técnico-Operacional da Azul.

Segundo a empresa, durante o táxi da aeronave, após o pouso, já é possível efetuar chamadas telefônicas. Nas demais etapas da viagem, os dispositivos precisarão estar em modo avião, acionado assim que as portas fecharem.

A empresa ainda ressaltou que, em casos de decolagem e pouso sob condições de baixa visibilidade, a tripulação poderá solicitar que todos os aparelhos sejam desligados.

A Azul foi a última das quatro grandes companhias nacionais a liberar seus passageiros a usar dispositivos eletrônicos em modo avião durante todas as etapas do voo. A primeira empresa a permitir a prática foi a Gol, no final de 2015, seguida de Tam, no início deste ano, e Avianca, em março.

Preparação para o wi-fi a bordo

Liberar o uso de dispositivos em modo avião é o primeiro passo para os passageiros acessarem a internet a bordo dos aviões. Para isso, no entanto, as aeronaves precisam de antenas de receptação via satélite, algo que somente a Gol vai oferecer no Brasil, a curto prazo – a empresa vai iniciar a instalação dos equipamentos em suas aeronaves neste ano. Já as outras empresas, por hora, têm apenas estudos sobre o tema e nenhum prazo de implementação.

Para acessar a internet a bordo, é preciso uma antena especial na fuselagem do avião (Gol)
Para o acesso da internet a bordo é preciso uma antena especial na fuselagem do avião (Gol)

Mas a liberação dos “gadgets” em modo avião traz outras soluções. Por wi-fi, os dispositivos podem se conectar aos sistemas de bordo “virtuais” da aeronave e acessar diferentes conteúdos. É um tipo de “Netflix“, mas disponível somente na aeronave. Gol e Latam já possuem esses sistemas, que são considerados a próxima geração dos sistemas de entretenimento de bordo.

Veja mais: Azul amplia frequências para Lisboa

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Helder
Helder
5 anos atrás

Só não entendi este parágrafo:
¨Segundo a empresa, durante o táxi da aeronave, após o pouso, já é possível efetuar chamadas telefônicas. Nas demais etapas da viagem, os dispositivos precisarão estar em modo avião, acionado assim que as portas fecharem.¨

Se durante o táxi é possível efetuar chamadas telefônicas e após o fechamento das portas os aparelhos devem ser colocados no modo avião, então os aviões da Azul vão taxiar de portas abertas?

Previous Post
O planador "hit-tech" da Airbus pesa apenas 815 kg (Airbus)

Planador da Airbus vai tentar recorde de altitude na Argentina

Next Post
O Lilium Jet será impulsionado por 38 motores elétricos (Lilium Aircraft)

Lilium Jet poderá decolar do jardim de sua casa

Related Posts