Boeing pode dar troco na Airbus com pedido de companhia dos EUA

Low-cost Allegiant Air, que opera mais de 120 jatos da Airbus, estaria perto de anunciar pedido de 50 jatos 737 MAX, diz agência
Um dos A320 da Allegiant Air (Daniel Betts)

A Boeing pode reverter a perda de dois clientes tradicioanis, a KLM e a Qantas, com um pedido a ser anunciado pela Allegiant Air, companhia aérea low-cost do EUA e que opera hoje apenas com aviões da família A320, da Airbus.

De acordo com a Reuters, a empresa está prestes a fechar um pedido de 50 Boeing 737 MAX em um acordo que pode atingir a cifra de US$ 5 bilhões. Tanto a Boeing quanto a Allegiant não quiseram comentar.

Se confirmado, a encomenda será um alívio para a fabricante dos EUA, que foi derrotada em dezembro em duas concorrências onde suspostamente teria vantagem já que a KLM e a Qantas operam seus aviões atualmente.

Mas a companhia aérea australiana acabou preferindo os modelos A220 e A320, que possuem uma capacidade mais flexível dentro de seus planos. Já a KLM considerou o A321neo uma aeronave com mais potencial para substituir dezenas de 737 NG usados por ela e também pela Transavia.

Boeing 737 MAX 8
Se confirmada, encomenda pode compensar perdas recentes da Boeing

A Allegiant Air, baseada em Las Vegas, opera uma frota de 121 aviões da Airbus, dos quais apenas 13 foram comprados diretamente da fabricante. Os 35 A319 têm uma média 16,5 anos e os 86 A320, 14 anos, segundo o Planespotters.

A empresa chegou a voar os antigos DC-9 e MD-80, hoje herdados pela Boeing, pouco tempo depois de estrear, em 1998.

Total
17
Shares
Previous Post

LATAM atingiu 95% da capacidade pré-pandemia em dezembro

Next Post

Flybondi retoma voos para o Brasil, mas a partir de Ezeiza

Related Posts
Total
17
Share