LATAM atingiu 95% da capacidade pré-pandemia em dezembro

Companhia aérea afirma que transportará 2,1 milhões de passageiros entre o final de 2021 e a primeira semana de 2022, 64% a mais do que no mesmo período de 2020/21
A320 da LATAM

A LATAM afirmou nesta terça-feira (4) já ter recuperado 95% da sua capacidade em rotas domésticas no final do ano passado, em comparação ao período pré-pandemia. A companhia aérea também compartilhou dados operacionais bastante animadores durante dezembro.

Segundo a empresa, estão previsto o transporte de 2,1 milhões de passageiros entre o dia 17 de dezembro do ano passado e 7 de janeiro de 2022, somando voos nacionais e internacionais.

Trata-se de um volume 64% superior ao do mesmo período de 2020 e início de 2021. A quantidade de voos será de 13.509 decolagens, aumento de 56% em relação ao ano retrasado.

“Graças ao avanço da vacinação, a demanda ficou mais consistente e estável. Além disso, o processo de reestruturação da LATAM tornou a empresa mais eficiente e competitiva. Em conjunto, esses fatores nos permitiram voltar a crescer fortemente no Brasil”, afirmou Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

Os aeroportos que mais movimentaram passageiros da companhia foram Guarulhos, Brasília, Congonhas, Fortaleza e Santos Dumont. A LATAM está operando em 49 destinos nacionais, cinco a mais do que antes da pandemia. Em 2022, a empresa afirma que chegará a 56 aeroportos, a partir de maio.

O Aeroporto de Brasília foi um dos que mais atraiu passageiros para os voos da LATAM (AeroportosBSB)

A partir de março, a LATAM voará para Montes Claros (MG), Juiz de Fora (MG), Presidente Prudente (SP), Caxias do Sul (RS), Cascavel (PR) e Sinop (MT), além de voltar a operar em Bauru (SP) em 22 de fevereiro.

Por fim, a companhia aérea diz estudar outros 10 destinos que podem ser acrescentados durante 2022 – a LATAM não revelou quais são eles, no entanto.

Total
24
Shares
Previous Post

Airbus teria entregue ao menos 600 jatos em 2021

Next Post

Boeing pode dar troco na Airbus com pedido de companhia dos EUA

Related Posts