Com nome famoso, companhia aérea da Nigéria é nova cliente da Embraer

United Nigeria deve estrear no mercado doméstico do país africano no último trimestre com cinco jatos ERJ-145
Os ERJ-145 da United Nigeria: novo cliente africano da Embraer (UN)
Embraer ERJ-145 - United Nigeria
Os ERJ-145 da United Nigeria: novo cliente africano da Embraer (UN)

O nome é conhecido mundialmente, mas a iniciativa é bem mais modesta. A United Nigeria é a mais nova companhia aérea do país africano e se prepara para iniciar voos domésticos no último trimestre do ano. Detalhe: com uma frota de jatos ERJ-145 da Embraer.

Há, no entanto, poucas informações confirmadas da iniciativa. Embora a empresa mantenha um site no ar além de perfis em redes sociais, não traz detalhes de seus planos. Apenas afirma ser uma companhia 100% nigeriana e fundada em 1990. Entre os destinos a serem oferecidos estão a capital Lagos e as cidades de Abuja, Port-Harcourt, Asaba, Owerri e Enugu.

Sobre a frota, a única informação disponível é uma imagem que mostra quatro jatos ERJ-145 com a pintura da companhia aérea. Sabe-se que um deles tem o prefixo N12567 e era operado pela empresa Aerovision International, dos EUA, até um ano atrás quando foi armazenado no México.

A aeronave em questão foi entregue em 2002 para a ExpressJet Airlines, que a operava com a pintura da Continental, hoje coincidentemente a United Airlines, mas a original.

Segundo a imprensa local, a United Nigeria pertence ao bilionário Obiorah Okonkwo, que é conhecido por ser proprietário de um centro de eventos em Abuja. Ele aparece em fotos ao lado de um dos jatos da Embraer.

Embraer ERJ-145 - United Nigeria
O empresário Dr Obiorah Okonkwo ao lado de um dos aviões da companhia (Reprodução)

Mercado em franca expansão

A United Nigeria não é uma iniciativa isolada no país. A aviação comercial tem recebido investimentos vultosos nos últimos anos já que hoje apenas 5% dos nigerianos utilizam o transporte aéreo.

A maior companhia aérea do país, a Air Peace, possui apenas 25 aviões e não por acaso opera sete ERJ-145 além de ter encomendado quatro E195-E2 novos.

O mais ambicioso projeto nigeriano, no entanto, é o da Green Africa Airways que no começo do ano assinou um Memorando de Entendimento com a Airbus para a aquisição de nada menos que 50 A220-300, uma das maiores encomendas já recebidas pela aeronave. O acordo substituiu um pedido anterior feito em 2018 para a Boeing de 50 737 MAX com opção para outros 50 aviões e que foi rescindido em fevereiro.

A empresa, sediada em Lagos, tem como proprietário Babawande Afolabi, mas até pouco tempo atrás ainda aguardava o certificado de operação do governo da Nigéria. Até agosto, o pedido de 50 aviões ainda não havia sido oficializado pela Airbus.

A Green Africa Airways é o maior projeto de companhia aérea da Nigéria, com pedido de 50 A220-300 (Airbus)

Veja também: Embraer prevê demanda de 240 novos jatos na África

Total
9
Shares
1 comment
  1. Boa tarde senhores!
    Uma correção na matéria sobre a United Nigeria. Lagos é a maior cidade do país, mas a capital é Abuja.
    Um abraço e meus cumprimentos elo excelente trabalho de vocês,
    André Rossetto

Comments are closed.

Previous Post
Desaer ATL-100

Programa luso-brasileiro ATL-100 será lançado nesta sexta-feira em Portugal

Next Post
Beechcraft Hawker 800

Avião roubado no México é encontrado destruído na Guatemala

Related Posts