Boeing revela novo conceito de helicóptero para o Exército dos EUA

Projeto é a aposta da fabricante para competir no programa FARA, que vai definir o próximo helicóptero de ataque e reconhecimento do US Army
(Boeing)
“Boeing FARA” é um dos competidores no programa para definir o novo helicóptero de escolta dos EUA (Boeing)

A Boeing revelou hoje, 3 de março, os primeiros detalhes de seu projeto para concorrer no programa FARA (Future Attack Reconnaissance Aircraft), competição que vai definir o próximo helicóptero de ataque e reconhecimento do Exército dos EUA (US Army).

A proposta da Boeing é um helicóptero monomotor avançado com três rotores e comandos eletrônicos fly-by-wire. Segundo a fabricante, essas soluções oferecem maior “agilidade, manobrabilidade e velocidades” superiores a de helicópteros convencionais atuais.

“Estamos oferecendo mais do que um helicóptero. Combinamos inovação, engenhosidade e experiência comprovada em aeronaves a jato com extensos testes e análises avançadas para oferecer uma solução muito atraente”, disse Mark Cherry, vice-presidente e gerente geral da Phantom Works, divisão da Boeing que trabalha no programa FARA.

O projeto apresentado pela fabricante de Seattle lembra muito o design do protótipo Lockheed AH-56 Cheyenne, um helicóptero experimental com três rotores que voou pela primeira vez em 1967. O modelo também elementos semelhantes ao do RAH-66 Comanche, um helicóptero com características stealth projetado e testado em parceria entre a Boeing e a Sikorsky na década de 1990.

Inspiração no passado: a Lockheed testou o AH-56 Cheyenne no final dos anos 1960 (US Army)

Programa FARA

O Exército dos EUA está sob pressão para definir um novo helicóptero de escolta para ocupar a lacuna deixada pelos antigos OH-58D Kiowa, desativados em 2017. Sem uma aeronave adequada para essa função, a força militar americana decidiu acelerar o programa FARA com o objetivo de escolher em meados de 2023 quais propostas são as mais promissoras. E não faltam opções.

Cinco fabricantes estão da disputa do programa FARA. São elas a Bell Helicopter, Sikorsky, AVX Aircraft, Karem Aircraft e agora a Boeing. Todas as propostas apresentam helicópteros bem diferentes entre si, mas que têm em comum capacidade para voar longas distâncias em altas velocidades.

Veja mais: Bell apresenta helicóptero experimental com motorização híbrida

Total
31
Shares
Previous Post

Novo procedimento no aeroporto de Guarulhos permite pousos e decolagens simultâneos na mesma pista

Next Post
Embraer Super Tucano

Tripulante de Super Tucano da FAB ejeta sobre o mar em Natal

Related Posts