“Caçador de tanques”, helicóptero russo Mi-35 ganha versão atualizada

Helicóptero de ataque mais popular do mundo, Mi-35P tem equipamentos de última geração e novas opções de armamentos
(Rostec)
O novo Mi-35P já tem um cliente, mas sua identidade ainda não foi revelada pela fabricante (Rostec)

Um dos helicópteros militares mais temidos do mundo, o Mil Mi-35 ficou ainda mais amedrontador. A Russian Helicopters, parte do grupo russo Rostec, anunciou nesta segunda-feira, 24 de agosto, durante a fórum militar Army-2020, em Moscou, o lançamento do novo modelo Mi-35P e o início de sua produção seriada.

O primeiro aparelho atualizado foi construído e testado pela Rostvertol, montadora de helicópteros da holding Russian Helicopters, em Rostov-on-Don, no sudoeste da Rússia. Segundo o fabricante, o Mi-35P completou uma série de ensaios de voo específicos para confirmar seu desempenho após receber os aprimoramentos.

As modificações incorporadas no helicóptero de ataque inclui um novo sistema de mira com imagem térmica, uma câmera de TV colorida de alta resolução e um telêmetro a laser. O Mi-25P também vem com óculos de visão noturna de última geração e aviônicos digitais, que de acordo com a fabricante melhoram a “controlabilidade e estabilidade do helicóptero e fornece automação dos processos de pilotagem”.

O Mi-35P pode ser armado com um canhão móvel de cano duplo de 23 mm e uma grande variedade armas “inteligentes”, como as versões mais recente dos mísseis anti-tanque Ataka e Vikhr.

“O Mi-35P foi criado em cooperação com as empresas da Rostec e combina as melhores qualidades da lendária família Mi-24 e as mais recentes conquistas russas no campo da aviônica. No ano passado, demonstramos a aeronave para um número de clientes potenciais”, disse o diretor geral da Russian Helicopters, Andrey Boginsky.

O Mi-35P também tem capacidade para transportar oito soldados ou quatro macas com feridos (Rostec)

O diretor da fabricante também confirmou que o Mi-35P já tem um cliente, mas ainda não revelou sua identidade.

Helicóptero de ataque mais popular do mundo, o Mi-24/Mi-35 está em serviço em mais de 50 países. Um desses clientes é a Força Aérea Brasileira, que possui 12 modelos da série Mi-35M adquiridos em 2008. Os aparelhos operados no Brasil são designados como AH-2 Sabre e voam com o Esquadrão Poti, baseado em Porto Velho (RO).

Os AH-2 Sabre são operados pelo Esquadrão Poti da FAB, baseado em Rondônia (FAB)
Os AH-2 Sabre são operados pelo Esquadrão Poti da FAB, baseado em Rondônia (FAB)

Veja mais: Conheça os helicópteros mais letais do mundo

 

 

Total
45
Shares
Previous Post

Força aérea do Afeganistão recebe mais quatro Super Tucanos

Next Post

Caça mais avançado dos EUA, F-22 Raptor será modernizado

Related Posts