Coronavírus: Gol suspende voos internacionais até final de junho

Operações da companhia para 11 países estão canceladas até o 30 de junho
(GOL)
(GOL)
A Gol também planeja reduzir em cerca de 60% a malha e voos domésticos (Gol)

Todos os voos internacionais da Gol serão suspensos a partir da próxima segunda-feira, 23 de março. A empresa informou que a medida foi tomada por questões de segurança contra a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e também em resposta à diminuição da demanda no transporte aéreo e às restrições impostas pelas autoridades estrangeiras.

A paralisação das operações internacionais será mantida até 30 de junho, comunicou a Gol nessa terça-feira (17). A companhia voa atualmente para 11 países: Argentina, Bolívia, Chile, Equador, EUA, México, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname e Uruguai.

Para o mercado doméstico, a Gol planeja uma redução de 50 a 60% na malha de voos. No total, entre operações nacionais e internacionais, a companhia espera diminuir sua capacidade entre 60% e 70% até meados de junho. “Trata-se de um processo mais flexível e paulatino, que visa oferecer aos clientes a possibilidade de replanejar suas viagens com comodidade”, ressalta a companhia.

Desde o surgimento do Covid-19, a Gol diz que vem acompanhando de perto as recomendações dos órgãos responsáveis não só com relação à saúde e bem-estar de quem a escolhe para voar, mas também ligadas à flexibilização das políticas de remarcação e cancelamento de viagens.

A pandemia do novo coronavírus ameaça a sobrevivência da maior parte das companhias aéreas no mundo. A cada dia, mais voos são suspensos, reduzindo dramaticamente a receita dessas empresas.

A Gol é uma das companhias aéreas mais afetadas pela queda na demanda de passageiros no Brasil devido ao surto de Covid-19. Entre janeiro e março, as ações da empresa desvalorizam mais de 70% no Ibovespa. No mesmo período, a Azul sofreu desvalorização de 64% e grupo LATAM Airlines (com ações negociadas na Nasdaq), de 51%.

Confira, abaixo, a relação de voos internacionais cancelados pela Gol e as respectivas datas de início da suspensão:

Argentina

Galeão (GIG)-Córdoba (COR): voo 7613 – última operação – 22/3
Galeão (GIG)-Rosário (ROS): voo 7617 – última operação – 22/3
Galeão (GIG)-Ezeiza (EZE): última operação 20/3.
Guarulhos (GRU)-Ezeiza (EZE): última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Mendoza (MDZ): última operação 19/3.
Recife (REC)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.
Natal (NAT)-Ezeiza (EZE): última operação 16/3.
Salvador (SSA)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.
Fortaleza (FOR)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.

Bolívia

(Guarulhos) GRU-Santa Cruz de La Sierra (VVI): última operação 19/3.

Chile

Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): diurno (voos 7660 e 7663): última operação 20/3.
Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): voo 7662 – última operação 21/3.
Santiago (SCL)-Guarulhos (GRU): última operação 21/3.
Recife (REC)-Santiago (SCL): última operação 14/3.

Equador

Guarulhos (GRU)-Quito (UIO): última operação 15/3.

Estados Unidos

Brasília (BSB)-Orlando (MCO): última operação 20/3.
Fortaleza (FOR)-Orlando (MCO): última operação 20/3.
Manaus (MAO)-Orlando (MCO): última operação 14/3.
Brasília (BSB)-Miami (MIA): última operação 19/3.

México

Brasília (BSB)-Cancún (CUN): última operação 20/3.

Paraguai

Assunção (ASU)-Guarulhos (GRU): última operação 20/3.

Peru

Guarulhos (GRU)-Lima (LIM): última operação 15/3.

República Dominicana

Guarulhos (GRU)-Punta Cana (PUJ): última operação 21/3.

Suriname

Belém (BEL)-Paramaribo (PBM): última operação 07/3.

Uruguai

Recife (REC)-Montevidéu (MVD): última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voo 7632 – última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voos 7630 e 7631 – última operação 21/3.
Galeão (GIG)-Montevidéu (MVD): última operação 19/3.

Veja mais: Airbus suspende produção em fábricas na Espanha e França

Total
20
Shares
Previous Post

Governo Trump irá ampliar tarifas sobre aviões da Airbus

Next Post
Mitsubishi SpaceJet M90

Mitsubishi SpaceJet M90 completa primeiro voo

Related Posts