Mitsubishi SpaceJet M90 completa primeiro voo

Jato comercial produzido no Japão vai concorrer com os modelos E2 da Embraer
Mitsubishi SpaceJet M90
Ex-MRJ90, o SpaceJet M90 atrasou mais uma vez (Divulgação)
Ex-MRJ90, o SpaceJet M90 deve chegar ao mercado em meados de 2022 (Divulgação)

A Mitsubishi Aircraft Corporation anunciou nesta quarta-feira (18) que concluiu o primeiro voo com o SpaceJet M90 no Japão. O jato decolou às 14:53 (horário de Tóquio) do aeroporto de Komaki, na província de Nagoia, e realizou testes básicos de desempenho em condições normais por um circuito no Oceano Pacífico, e retornou ao ponto de origem às 16:40.

Segundo o fabricante, a aeronave que voou hoje (modelo FTV10 – Veículo de Teste de Voo 10) tem a “configuração final e certificável” e está preparada para entrar na fase final de testes de certificação do SpaceJet M90, o primeiro jato comercial produzido no Japão.

Devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o voo inaugural do M90 não teve nenhum tipo de cobertura midiática e foi acompanhado somente por profissionais da Mitsubishi, seguindo recomendações do governo japonês para evitar aglomerações de pessoas.

“O anúncio de hoje é especialmente encorajador, pois marca o início dos testes de voo de certificação para o primeiro SpaceJet M90 na configuração final e certificável”, acrescentou Alex Bellamy, diretor de desenvolvimento da Mitsubishi Aircraft.

Hiroyoshi Takase, comandante do voo inaugural do FTV10, observou: “O teste de voo de hoje foi realizado sem problemas e de acordo com o plano. A aeronave atendeu às expectativas e manejou exatamente como eu previa. ”

Nas próximas semanas, a Mitsubishi Aircraft planeja continuar os testes de voo no FTV10 em Nagoia, além de se preparar para o voo de ferry para o centro de testes em Moses Lake, nos EUA, onde será realizado o processo de homologação final da aeronave.

Programa reformulado

O M90 é uma versão atualizada do MRJ90, aeronave que voou pela primeira vez em junho de 2015. Após uma série de atrasos no testes e problemas no projeto, a Mitsubishi decidiu fazer uma grande reformulação no programa  e em junho do ano passado e a série abandonou o nome MRJ (Mitsubishi Regional Jet) e passou a se chamar SpaceJet.

Mitsubishi MRJ – agora SpaceJet – com a pintura da All Nippon Airways (Divulgação)

O programa de jatos da Mitsubishi é atualmente o projeto comercial aeronáutico mais atrasado da indústria aeronáutica. A aeronave foi anunciada pela fabricante japonesa em 2008 e as primeiras entregas eram previstas para 2013.

Passados sete anos do prazo original, a Mitsubishi já adiou o lançamento da aeronave seis vezes e ainda se esforça para iniciar a campanha de certificação. No informe mais recente, a fabricante divulgou que planejava iniciar as entregas do M90 entre o final de 2021 e início de 2022. O primeiro cliente do jato com espaço para até 88 passageiros será a companhia japonesa All Nippon Airways.

Além do M90, a empresa também está desenvolvendo o M100 (ex-MRJ70), versão com capacidade entre 65 e 88 passageiros e que deve chegar ao mercado em meados de 2024.

O menor modelo da família SpaceJet é o concorrente direto do Embraer E175-E2. As duas aeronaves são projetadas para atender principalmente o mercado de aviação regional dos EUA e devem se enquadrar nos limites de peso máximo de decolagem de 39.000 kg e capacidade máxima para 76 ocupantes, conforme estipulado na cláusula de escopo dos sindicatos de pilotos do país.

Veja mais: Brasil pode exportar caças Gripen para a Colômbia, diz CEO da SAAB

 

Total
86
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Mazzarino
Fabio Mazzarino
1 ano atrás

Com a entrada das duas maiores fabricantes nesse nicho de mercado a Mitsubishi não tem chance. A única chance é a venda da Embraer ser reprovada e a Boeing optar por comprar a própria Mitsubishi.

Previous Post
(GOL)

Coronavírus: Gol suspende voos internacionais até final de junho

Next Post

Joint venture entre Boeing e Embraer sob ameaça com crise do coronavírus

Related Posts