Emirates agora só voa com aviões gigantes

Companhia aérea de Dubai encerrou as atividades com seus últimos jatos Airbus A330 e A340
A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)
A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)
A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)
A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)

A Emirates Airlines agora só voa com aeronaves enormes. A companhia aérea de Dubai encerrou neste mês as operações com seus últimos jatos Airbus A330 e A340. Desta forma, a frota da empresa passa a ser composta apenas pelos modelos Boeing 777 e o A380, o maior avião de passageiros do mundo.

Os aviões desativados pela Emirates eram considerados novos, com idade média de 16,5 anos, bem abaixo da média mundial dos jatos A330 e A340 em operação, de 25 anos. Além dos modelos retirados recentemente de serviço, a companhia também planeja desativar outros 25 aparelhos da frota atual, entre 2017 e 2018.

A Emirates é dona da maior frota de A380 do mundo, com 87 aeronaves em serviço. A companhia ainda tem um pedido por mais 45 unidades do gigante da Airbus. A empresa do Oriente Médio também é o maior usuário do Boeing 777, com 144 modelos a disposição.

As divisões da Emirates, porém, voam com outros aviões. A Emirates SkyCargo opera com as versões cargueiras do Boeing 747-400 e 777F. Já a Emirates Executive, divisão que oferece voos fretados, possui um Airbus A319 com interior executivo, com espaço para 19 passageiros.

O A319 da Emirates Executive é o menor avião do grupo de Dubai (Emirates)
O A319 da Emirates Executive é o menor avião do grupo de Dubai (Emirates)

Veja mais: Latam anuncia voos com tarifas “low-cost”

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luana
Luana
4 anos atrás

Que interessante!

Douglas
Douglas
4 anos atrás

Eu ainda voei com alguns desses A340, que pelo fato de serem antigas nem se comparavam com os 777 ou o A380 – tanto em espaço quanto conforto. Acho que o fato da Emirates limitar sua operação a aeronaves grandes e modernas diz muito sobre o sucesso companhia, pois o conforto proporcionado pela estrutura das aeronaves refletem na qualidade do serviço.
A Business Class do A380 é espetacular, já voei inclusive em percursos curtos, como Dubai – Kuwait. Colocar um A380 num percurso de 1H30 parece fazer lógica apenas para a Emirates.

Previous Post
Um "print" da tela de controle que os agentes do RIOgaleão terão acesso (SAAB)

RIOgaleão vai usar sensores da SAAB para “vigiar” aviões

Next Post

Air Canada: Boeing 787-8 em dezembro e maior 787-9 a partir de março de 2017

Related Posts