FedEx recebe o primeiro cargueiro ATR 72-600F do mundo

Primeiro cargueiro de série projetado pela ATR, novo modelo ATR 72-600F pode transportar até nove toneladas de carga
ATR 72-600F - FedEx Express
(FedEx)
ATR 72-600F - FedEx Express
A FedEx tem 30 pedidos firmes pelo ATR 72-600F e opções de compra para mais 20 aeronaves (FedEx)

Maior empresa de transporte aéreo de cargas do mundo, a FedEx Express recebeu nesta terça-feira (15) o primeiro cargueiro turboélice ATR 72-600F do mundo. A cerimônia de entrega da aeronave foi realizada na sede da ATR, em Toulouse, na França.

“A chegada do primeiro ATR 72-600F é um marco importante na modernização de nossa frota de aeronaves e nos posiciona fortemente para continuar aumentando nossa presença global e atender mais clientes em locais que nem sempre são acessíveis por nossos jatos maiores”, disse Scot Struminger, vice-presidente de tecnologia da informação na FedEx. “O ATR 72-600F foi construído com a colaboração dos engenheiros da FedEx em cada etapa do processo, por isso estamos orgulhosos e animados por finalmente tomar posse desta aeronave impressionante.”

O ATR 72-600F é o primeiro cargueiro de produção projetado pela ATR e pode transportar cargas mais pesadas do que os ATRs convertidos da configuração e passageiros. Segundo a fabricante franco-italiana, a cabine da aeronave tem 75 m³ de capacidade volumétrica e comporta nove toneladas de carga, com alcance de voo de 1.666 km. O avião já está certificado para operar na Europa.

Cliente de lançamento do primeiro cargueiro de fábrica da ATR, a FedEx anunciou a compra do novo modelo em novembro de 2017. Pelo termos do acordo, a companhia fez um pedido firme de 30 aviões com opções de compra para mais 20 aparelhos. De acordo com o fabricante, a empresa americana vai receber seis aeronaves por ano durante um período de cinco anos.

ATR 72-600F
Porta de carga e piso reforçado: o ATR 72-600F pode transportar até nove toneladas de carga (ATR)

O ATR 72-600F é o único cargueiro turboélice de porte médio produzido em série oferecido no mercado. A aeronave repete a essência da versão original de passageiros focada na aviação regional, ligando grandes centros com cidades menores do interior, mas direcionada ao frete aéreo.

Veja mais: Novo turboélice comercial da Embraer pode ser revolucionário

 

 

Total
70
Shares
Previous Post
Cabine de comando - Boeing 787

Boeing usa calor para higienizar cabines: “estamos cozinhando o vírus”

Next Post
Homem é preso nos EUA após subir da asa de avião que iria decolar

Homem é preso nos EUA após subir na asa de avião que iria decolar

Related Posts