Filipinas cancela compra de helicópteros russos com medo de sanções

Ex-presidente filipino, Rodrigo Duterte havia aprovado compra de 16 helicópteros Mi-17
Filipinas havia acertado compra de 16 helicópteros Mi-17 da Rússia (DOD)

O governo das Filipinas desistiu de comprar 16 helicópteros Mi-17 da Rússia por medo de possíveis sanções dos Estados Unidos, de acordo com informações da agência Associated Press (AP).

A compra dos helicópteros russos no valor de US$ 227 milhões foi definida em junho, ainda durante o governo de Rodrigo Duterte, que aprovou o negócio.

A Associated Press citou o ex-secretário de defesa filipino Delfin Lorenzana, que afirmou ter cancelado o acordo com a Rússia. Ele teria firmado que os Estados Unidos ficaram insatisfeitos com o negócio e que poderiam oferecer helicópteros similares às Filipinas.

Lorenzana faz parte do novo governo de Ferdinand Marcos Jr., que assumiu o poder após a saída de Duterte em 30 de junho. O embaixador dos EUA nas Filipinas disse que o país sofreria sanções se completasse a compra dos Mi-17.

Total
22
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Lopes
Marcelo Lopes
22 dias atrás

O problema nem são as imaginadas sanções. O problema é o pós-venda da Rússia que é conhecidamente péssimo! O Brasil adquiriu os AH deles, mas por conta de uma negociação envolvendo a regularização de problemas de ordem comercial. Não foi por opção. Tanto é que desativou os tais helicópteros. É comprar e passar raiva com falta de peças para reparos e manutenção.

Previous Post

Efeito Top Gun: Esquadrão de elite dos EUA terá 1ª mulher piloto

Next Post

Acionistas da Spirit desistem de fusão com a Frontier Airlines

Related Posts
Total
22
Share