Fim do ‘sonho’: Antonov An-225 Mriya foi de fato destruído pela Rússia

Imagens de TV russa mostram maior aeronave do mundo com danos irreparáveis na fuselagem e na asa direita
A parte frontal do An-225: perda total (Reprodução/TV Russa)

O “sonho” acabou. O An-225 Mriya (sonho) foi de fato irreparavelmente danificado pelo ataque russo na semana passada, como revelaram imagens da de uma reportagem de TV nesta quinta-feira (3).

Após imagens pouco claras sugerirem que a maior aeronave do mundo havia sido atingida pelas forças militares logo no inívio da invasão russa, uma equipe de reportagem do país mostrou pela primeira vez o jato de seis motores da Antonov com parcialmente destruída.

A confirmação encerra qualquer possibilidade de recuperação da aeronave, cuja fuselagem ardeu em chamas após o que pareceu um ataque aéreo ao abrigo onde estava estacionada para reparos.

Além da fuselagem, o An-225 também sofreu vários danos na asa direita, que aparece no vídeo caída. Na parte frontal, apenas o nariz articulado para receber cargas volumosas manteve alguma integridade enquanto a cabine de comando e a seção frontal desapareceram.

Segundo An-225

Após o colapso da União Soviética em 1991, o Mriya tornou-se uma aeronave célebre em suas missões de transporte de cargas especiais pelo mundo.

Operado pela Antonov Airlines, uma divisão da empresa ucraniana, o An-225 bateu vários recordes durante as últimas três décadas, graças à sua imbatível capacidade de transportar mais de 250 toneladas em seu imenso compartimento de carga.

Desde que a invasão russa teve início e surgiram os primeiros rumores sobre a destruição do An-225, o governo ucraniano tem afirmado que a aeronave seria recuperada às custas da Rússia.

O AN-225 pode decolar com peso máximo de até 640 toneladas (Vasiliy Koba)
O AN-225 pode decolar com peso máximo de até 640 toneladas (Vasiliy Koba)

A afirmação sem qualquer base no momento não esconde o fato de que a possibilidade de um An-225 voltar a ser construído é bastante improvável.

Em dias recentes, muito se falou sobre a segunda estrutura fabricada anos atrás e que estava abandonada no Aeroporto de Gostomel, mas a própria Antonov já havia revelado que os custos para finalizar sua construção seriam proibitivos.

O An-225 havia completado 33 anos do seu primeiro voo, ocorrido em 21 de dezembro de 1988, ainda durante a Guerra Fria. Derivado do An-124, o jato de seis motores foi construído como aeronave de transporte do Buran, o space shuttle soviético, daí a adoção de uma cauda dupla e da instalação de dois pontos de apoio sobre a fuselagem para acomodar a espaçonave.

O segundo Antonov An-225 nunca foi finalizado
O segundo Antonov An-225 nunca foi finalizado

Total
123
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Angelo
Angelo
5 meses atrás

Negacionista de AN 225 é nova pra mim.

Mau
Mau
5 meses atrás

Existe outras imagens bem semelhantes em proporção de tamanho de foto com o an225 no mesmo patio , e integro , entao a imagem e real , ate porque so existe um an225

Previous Post

Embraer também suspende suporte técnico a clientes na Rússia

Next Post

Marinha dos EUA consegue recuperar F-35C que afundou no Mar da China

Related Posts
Total
123
Share